Pinguim Tagarela | Cultura pop e nerd a uma tagarelice de distância! Onde Habitam as Trevas | O mal reside no ser humano - Pinguim Tagarela
Tecnologia do Blogger.

Onde Habitam as Trevas | O mal reside no ser humano

Por - 23 dezembro


O mais assustador é o potencial do ser humano em realizar maldade, talvez, seja por isso que Onde Habitam as Trevas me marcou tanto. A obra é uma coletânea de contos autorais da Gê Benjamin, nossa autora parceira, o livro possui 6 contos e 1 microconto, todos com histórias de arrepiar. 

Sinopse:

A luz que há em nós é tomada pelas trevas e o que nos resta é perturbador. O medo e a escuridão tomam conta, a medida que os monstros se espreitam nos cantos mais obscuros a nossa volta. Tomados pela sede de destruição, eles aguardam ansiosamente pela oportunidade de nos pegar. Cuidado! Não deixe a luz apagada, pois, o momento é agora e você encontrará o pior onde habitam as trevas.

Com apenas 60 páginas, a autora consegue nos envolver em uma atmosfera de total terror psicológico, é pra mexer com a tua mente mesmo, é pra te chocar, mais do que apenas te aterrorizar. Isso, inclusive, é uma das coisas mais marcante enquanto estamos lendo, pois cada conto vai contar sobre uma história que não tem ligação com a outra, então teremos figuras sobrenaturais, bruxas, monstros, mas sobretudo, o que vai te assustar mesmo é a capacidade de nós, seres humanos, em sermos cruéis. São histórias simples, mas muito bem construídas e escritas, sobretudo são histórias que conseguimos transportar direito para o nosso cotidiano. Devemos isso a maestria da Gê, em sua maneira de contar e desenvolver histórias.


A obra é curtinha, assim como seus contos, então, em uma madrugada é a hora perfeita para a ler. No entanto, também é possível ler um por dia, fica a seu critério, caro (a) leitor (a).

Temos, portanto, o conto Dama, o mais clichê dos sete, mas ainda assim muito bem escrito e estruturado, que atinge o seu objetivo o de nós envolver nessa atmosfera sombria que irá ser a obra. Depois temos Nunca Duvide dos Avisos, a escritora já nos deixa curiosos no título, afinal qual é o aviso e o que vai acontecer? É o conto mais intrigante e te aproxima cada vez mais desse ambiente perturbador que a Gê está nos levando.

Entre Mães é um dos melhores contos, senão o melhor dessa coletânea, temos nele onde, de fato, habitam as trevas: dentro do ser humano. Começamos a ler e ficamos, meu deus, eles não vão fazer o que estou pensando… só que, porém, fazem e detalhe mexe contigo de uma maneira surreal. É de perturbar a mente, afinal, quem nunca chegou perto de sentir algo desconcertante dentro de si? E o quão próximo é de um desejo se tornar uma obsessão? Então, vocês sentiram o peso, né?


E ainda não acabou, tem O Livro Maldito, que ainda quero reler ele, pois é um dos meus preferidos. A história é sobre bruxaria, no entanto, tem um diferencial porque a Gê criou toda uma mitologia em sua narrativa, ela criou um clima, uma fantasia macabra do tipo que mais nos atrai do que nos assusta, entende? O que acaba sendo meio bizarro, confesso, mas obrigada Gê, por isso! O desfecho é simplesmente incrível e inesperado. Leiam, é uma experiência única.

Temos também Sina, também sobre bruxaria, no entanto, este possui uma pegada um tanto quanto diferente do anterior, fala mais sob uma ótica mórbida, retrata a morte e a sensação que temos durante a leitura até sua conclusão é a da personagem pegar gosto pela maldade. 

E, por último, mas não menos importante: Terror à Meia Noite, que traz a contemporaneidade para a história, sabe aquelas correntes de WhatsApp que seus parentes insistem em te mandar? Então, agora imagine ela se tornando verdade, no mínimo, tenso, não é? Pois, então, essa é a atmosfera desse conto. 


Mas, não podemos esquecer do microconto chamado E Se… ele é bem breve mesmo, muito curtinho, mas também bem surpreendente. Não irei me arriscar a falar mais para não dar spoleirs.

Então, tagarelas, a Gê Benjamin escreve muito bem e suas escolhas de narrativa, de detalhamento criam imagens que nos inserem nos respectivos cenários. A diagramação da obra é cuidadosa e impecável, demonstrando um bom trabalho da Editora Skull. Estão de parabéns!

Enfim, a coletânea é marcada pela forte presença de histórias cheias de mistérios e sentimentos sombrios, principalmente utilizando a natureza, seja humana, seja do estado das coisas mesmo. Mas, a principal mesmo é sobre a natureza humana diante do sobrenatural, o que nos leva ao estudo de nós mesmos e passamos a compreender que há algo de fora do normal dentro da gente. 

Por isso, Onde Habitam as Trevas recebe:


(5 de 5 pinguinzinhos)

Tagarelem conosco: Terão coragem de enfrentar o lugar sombrio dentro de vocês e ler a coletânea? 
Ficou interessada (o) na coletânea? Você pode adquirir através do nosso link de associado, assim você nos ajuda a crescer, sem pagar nada a mais por isso. Lembrando que aqueles que assinam o Kindle Unlimited poderá ler gratuitamente. Também é possível comprar direto da loja da autora.

Até a próxima tagarelice e lembrem-se de não deixar as trevas tomar conta de vocês!

Veja Também

1 Tagarelices

  1. Caraca, que analise incrível. Amei saber que gostou e obrigada pela oportunidade de ler. Sua resenha wsta maravilhosa, parabens!

    ResponderExcluir

comentário(s) pelo facebook: