Pinguim Tagarela | Cultura pop e nerd a uma tagarelice de distância! Livro do dia: Um mais um, de Jojo Moyes - Pinguim Tagarela
Tecnologia do Blogger.

Livro do dia: Um mais um, de Jojo Moyes

Por - 27 março












Sabe aquele livro que você não consegue largar? Sabe aquela narrativa que te deixa sem palavras e você quer indicar para todo os seus amigos?

Apresento a vocês: Um mais um, da Jojo Moyes.

Meus caros leitores, posso dizer que sou uma grande fã de Jojo Moyes, que possuo não um, mas quatro livros da autora no meu TLV (Top livros da vida). Quem não se derreteu com a história de Lou Clark e Will Traynor? (Como eu era antes de você é um dos livros mais conhecidos da autora).

Só que nossa Jojo tem como característica desenrolar a história contada sem pressa, comentando sobre todos os detalhes possíveis, tornando às vezes a leitura um pouco devagar. Por isso fiquei tão surpresa quando comecei a ler "Um mais um".

Vamos então a sinopse do livro:

Sinopse: 

Há dez anos, Jess Thomas ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou. Fazendo faxinas de manhã e trabalhando como garçonete em um pub à noite, Jess mal ganha o suficiente para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Jess está muito preocupada com o sensível Nicky, um adolescente gótico e mal-humorado que vive apanhando dos colegas. Já Tanzie, o pequeno gênio da matemática, tem outro problema: ela acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas como eles farão para chegar lá? Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de praia por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista. Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, mas principalmente para escapar da pressão dos advogados, da ex-mulher e da irmã — que insiste em que ele vá visitar o pai doente —, Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio. Começa então uma viagem repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. A situação perfeita para o início de uma história de amor entre uma mãe solteira falida e um geek milionário.
Eu fiquei totalmente sem ar depois desse resumo. No entanto, meus queridos, o livro é muito mais. Não só por ser romance, mas pelos assuntos abordados. Fala sobre a desigualdade social, uma vez que Jess Thomas trabalha em dois empregos e mesmo assim tem que optar entre pagar a luz ou o aluguel da casa, enquanto Ed Nicholls é um milionário que não se importa com dinheiro. Fala sobre o bullying que Nicky sofre apenas por não se encaixar no esteriótipo de seus colegas, e ainda trata sobre inseguranças e confiança.

Jojo Moyes me surpreendeu demais com esse livro. Acredito que pela linguagem fácil e um enredo curioso (que cá entre nós, só vimos uma história assim no filme "Encontro de amor"), o livro me ganhou de primeira. Seja com suas frases românticas, seja pelas gargalhadas que tive ao longo da história com Jess, ou apenas por poder ver que qualquer mãe poderia se encaixar nessa leitura. Jess faria de tudo para ver seus filhos felizes, nem que isso lhe deixe triste em certo momento.

E é uma das minhas partes favoritas do livro. O amor que ela sente pelos filhos ultrapassa qualquer barreira. Seja quando ela está perdida em contas, sem saber o que vai ser do próximo dia, seja quando tenta entender o que Tanzie diz sobre cálculos matemáticos, seja sentir a tristeza do seu filho Nicky cada vez que chega da escola. É um livro humano. Um livro de vida real.

Tão humano que transforma Ed - Ou Sr. Nicholls, como é chamado - e faz com que ele perceba que as coisas a sua volta são importantes. Faz com que ele perceba que certas coisas não tem preço. E isso fez com que eu me apaixonasse por ele. Ele não é nenhum galã, não é um Will Traynor, é apenas um cara que veste todos os dias o mesmo tipo de roupa por preguiça de pensar em se vestir.

Eu amei passar esse tempo com Jess, Tanzie, Nicky, Norman e Ed. Como disse no começo, gostaria de que todos os meus amigos lessem esse livro, pois vale muito a pena.

Por isso, Um mais um ganha:

(5 de 5 pinguinzinhos)
Eu espero que assim como eu, vocês adorem esse livro! Tenho certeza que essa história vai ficar guardada no meu coração por muito tempo 💓

Vamos tagarelar? Então, deixei vocês com vontade de ler? Vocês já tiveram alguma experiencia com os livros da Jojo? Se sim, conte aqui pra nós nos comentários, se não, nós temos algumas dicas de livros dela que vocês vão amar! 😉

Veja Também

0 Tagarelices

comentário(s) pelo facebook: