Pinguim Tagarela | Cultura pop e nerd a uma tagarelice de distância! #52FilmsByWomen | Conheça o projeto e apoie as mulheres no cinema também - Pinguim Tagarela
Tecnologia do Blogger.

#52FilmsByWomen | Conheça o projeto e apoie as mulheres no cinema também

Por - 23 janeiro

Sofia Coppola

Não é nenhuma novidade o sexismo existente no meio da indústria cinematográfica, todas as inúmeras denúncias de assédio e estupro feitas no ano passado demonstram isso, não é de hoje. Além disso, sabemos também o quanto as mulheres são minoria na direção de filmes, inclusive, apenas quatro mulheres foram indicada a essa categoria, apenas uma venceu e, veja bem, o Oscar está se encaminhando para sua 90ª cerimônia, acredito que isso até fala por si mesmo, é gritante a diferença.

As indicadas foram: Sofia Coppola (Encontros e Desencontros), Lina Wertmüller (Pasqualino Sete Belezas) e Jane Campion (O piano). A única ganhadora foi Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror).

E quando esmiuçamos e analisamos de forma melhor, percebemos que nenhuma mulher negra ganhou o Oscar de Melhor Diretor, inclusive, nenhuma chegou, ao menos, ser indicada. Esse é um grande problema e diz muito a respeito de como a mulher é encarada na nossa sociedade, em algumas profissões isso é mais escancarado do que em outras. É inegável a supremacia masculina e o racismo no que diz respeito a direção cinematográfica. E digo mais, é por falta de espaço e não de talento que as mulheres não estão tendo seus trabalhos prestigiados e nem celebrados em premiações, muitos filmes dirigidos por elas, diversasvezes, nem chega a conhecimento do público, pois se irmos atrás perceberemos o quanto os grandes e aclamados filmes hollywoodianos são entregues nas mãos diretores homens. Há sim, inúmeros filmes contanto com mulheres em sua direção, mas váriasvezes, são eles de caráter independente ou que são negligenciados seja pelo público ou pelas próprias produtoras que não investem pesado em publicidade.

Os fatores são dos mais variados, mas há um enorme problema em não dar espaço para que as mulheres, em geral, possam demonstrar as suas habilidades por trás das câmeras. A pergunta que fica é: o que nós podemos fazer para ajudar a incentivar e apoiar o trabalho das mulheres no cinema? A resposta é simples, consumindo mais esses filmes, conhecendo mais diretoras e indicando eles para que se difundam e uma boa forma de fazer isso é através do Projeto 52 Films By Women, uma iniciativa da organização Women In Film, justamente para que a gente possa, de certa forma e com o que está a nosso dispor, combater o sexismo no cinema.

O projeto consiste em assistir um filme dirigido por mulher por semana, totalizando o ano com 52 filmes, é uma boa forma de começar e de conhecer as diretoras, mas é importante não deixar isso de lado, ou seja, é imprescindível que a gente traga essa ideia para outros aspectos do nosso cotidiano e é, claro, que o desafio sirva como uma porta de entrada e que vocês passem a ter o costume de consumir filmes que são feitos por elas.

Kathryn Bigelow


Antes de trazer os escolhidos da Pinguim e trazer alguns outros links, quero contar a minha experiência com o projeto, é a primeira vez que estarei participando, mas já digo que logo de cara foi produtivo, enquanto encarava a missão de montar a lista e pesquisava os filmes e as diretoras, me dei conta do quanto a minha grade no Filmow estava lotada de produções masculinas, mais especificamente, dirigidas por eles. Me dei conta também do quanto Hollywood dá pouco espaço para as mulheres, como citado anteriormente, e isso não é uma realidade exclusiva dos EUA, vale lembrar, mas como é um país que tem certo prestigio no mercado cinematográfico gera uma preocupação, se no que é o grande nome da indústria de entretenimento não há tantas oportunidades para as mulheres, o que dirá, muitas vezes, dos que fogem desse eixo.

A vontade de encher mais meu ano com as mulheres, aumentou ainda mais e já adianto que de todos os que assisti agora, não me decepcionei, inclusive, me trouxeram inspiração, representatividade e é o que tem me motivado a fazer arte, independente de qual for, pois nós, mulheres, podemos. E isso é algo que o projeto agrega muito, tanto para elas, quanto para nós porque ter representação importa demais e quando digo isso não é só em questão de ter personagem feminina, mas também em saber que quem produziu, dirigiu ou escreveu foi uma mulher, isso nos passa a mensagem de que a gente tem força para fazer as coisas que amamos. Uma mulher pode e dirige, escreve, produz qualquer tipo de arte de forma brilhante e incrível também. É uma linda forma de apoiar elas e nós mesmas, vamos participar?
Algumas sugestões vocês podem conhecer através dessa lista no Filmow que possui 2K de filmes com direção feminina.
Então, agora que já conhecemos as vantagens e a importância do projeto, vamos a lista com os escolhidos da Pinguim, só lembrando que terá crítica dos filmes, a ideia é que todos tenham, vamos torcer para dar certo. A pinguim vai se empenhar bastante em trazer as resenhas para cá, portanto, fiquem de olho.

Não está listado em ordem de preferência e nem por ordem em que será assistido.




1) As Virgens Suicidas (1999)

Direção: Sofia Coppola | Drama | 97 min.

Sinopse: Durante a década de 70, o filme enfoca os Lisbon, uma família saudável e próspera que vive num bairro de classe média de Michigan. O sr. Lisbon (James Woods) um professor de matemática e sua esposa uma rigorosa religiosa, mãe de cinco atraentes adolescentes, que atraem a atenção dos rapazes da região. Porém, quando Cecília (Hanna R. Hall), de apenas 13 anos, comete suicídio, as relações familiares se decompõem rumo a um crescente isolamento e superproteção das demais filhas, que não podem mais ter qualquer tipo de interação social com rapazes. Mas a proibição apenas atiça ainda mais as garotas a arranjarem meios de burlar as rígidas regras de sua mãe.

2) Libertem Angela Davis (2012)

Direção: Shola Lynch | Documentário | 102 min.

Sinopse: Retrata a vida de Angela Davis, uma professora de filosofia nascida no Alabama, e conhecida por seu profundo engajamento em defesa dos direitos humanos. Quando Angela defende três prisioneiros negros nos anos 1970, ela é acusada de organizar uma tentativa de fuga e sequestro, que levou à morte de um juiz e quatro detentos. Nesta época, ela se tornou a mulher mais procurada dos Estados Unidos. Ainda hoje, Angela é um símbolo da luta pelo direito das mulheres, dos negros e dos oprimidos.

3) Girls Lost (2015)

Direção: Alexandra Therese Keining | Drama | 106 min.

Sinopse: Kim (Tuva Jagell), Bella (Wilma Holmén) e Momo (Louise Nyvall) são três amigas inseparáveis muito incomodadas pelos seus colegas de classe. Uma noite, após outro dia ruím na escola, elas ficam bêbadas e decidem provar do misterioso néctar que escorre de uma flor. Após passarem mal logo após inserirem o líquido, elas acordam horas depois como meninos. Intrigadas com a mudança de seus corpos elas decidem explorar o mundo dos homens e desenvolvem autoconfiança. Porém, as emoções se transformam em perigo à medida que uma das três desenvolve uma forte ligação com sua nova identidade e inesperados sentimentos surgem.

4) Primeiro, Mataram o Meu Pai (2017)

Direção: Angelina Jolie | Drama | 136 min.

Sinopse: Adaptação do livro "First They Killed My Father", conta a história de sobrevivência de Loung Ung durante regime do Khmer Vermelho, no Camboja. Um período que durou quatro anos e culminou na morte de dois milhões de pessoas. Ainda criança, sua família foi separada acabou sendo treinada como soldada mirim em um campo para órfãos, enquanto seus seis irmãos foram enviados a campos de trabalhos forçados.

5) Precisamos Falar Sobre o Kevin (2011)

Direção: Lynne Ramsay | Drama, Thriller | 112 min.

Sinopse: Eva (Tilda Swinton) mora sozinha e teve sua casa e carro pintados de vermelho. Maltratada nas ruas, ela tenta recomeçar a vida com um novo emprego e vive temorosa, evitando as pessoas. O motivo desta situação vem de seu passado, da época em que era casada com Franklin (John C. Reilly), com quem teve dois filhos: Kevin (Jasper Newell/Ezra Miller) e Lucy (Ursula Parker). Seu relacionamento com o primogênito, Kevin, sempre foi complicado, desde quando ele era bebê. Com o tempo a situação foi se agravando mas, mesmo conhecendo o filho muito bem, Eva jamais imaginaria do que ele seria capaz de fazer.

6) Lady Bird (2018)

Direção: Greta Gerwig | Drama, Comédia | 93 min.

Sinopse: Christine McPherson (Saoirse Ronan) está no último ano do ensino médio e o que mais deseja é ir fazer faculdade longe de Sacramento, Califórnia, ideia firmemente rejeitada por sua mãe (Laurie Metcalf). Lady Bird, como a garota de forte personalidade exige ser chamada, não se dá por vencida e leva o plano de ir embora adiante mesmo assim. Enquanto sua hora não chega, no entanto, ela se divide entre as obrigações estudantis no colégio católico, o primeiro namoro, típicos rituais de passagem para a vida adulta e inúmeros desentendimentos com a progenitora.



7) 13ª Emenda (2016)

Direção: Ava DuVernay | Documentário | 100 min.

Sinopse: Escravidão. Criminalização. Elos de uma corrente de segregação racial forjada por motivos políticos e econômicos. Estudiosos, ativistas e políticos analisam a correlação entre a criminalização da população negra dos EUA e o boom do sistema prisional do país.

8) Com Amor, Van Gogh (2017)

Diretores: Dorota Kobiela, Hugh Welchman | Animação, Biografia | 95 min.

Sinopse: Animado com a técnica de pintura a óleo do pintor holandês. 1891, um ano após o suicídio de Vincent Van Gogh, Armand Roulin (Douglas Booth) encontra uma carta por ele enviada ao irmão Theo, que jamais chegou ao seu destino. Após conversar com o pai, carteiro que era amigo pessoal de Van Gogh, Armand é incentivado a entregar ele mesmo a correspondência. Desta forma, ele parte para a cidade francesa de Arles na esperança de encontrar algum contato com a família do pintor falecido. Lá, inicia uma investigação junto às pessoas que conheceram Van Gogh, no intuito de decifrar se ele realmente se matou.

9) Ginger & Rosa (2012)

Direção: Sally Potter | Drama | 89 min.

Sinopse: Londres, 1962. Ginger (Elle Fanning) e Rosa (Alice Englert) são amigas inseparáveis. Elas sonham com uma vida melhor que as de suas próprias mães, sempre presas à rotina doméstica, mas a crescente ameaça de uma guerra nuclear as amedronta. Não demora muito para que ambas entrem em conflito com as mães, ao mesmo tempo em que passam a idolatrar Roland (Alessandro Nivola), o pai pacifista de Ginger. Ele encoraja na filha a "lutar contra a bomba", mas aos poucos Rosa demonstra ter outros interesses envolvidos.

10) Capitães da Areia (2011)

Diretores: Cecília Amado, Guy Gonçalves | Drama | 96 min.

Sinopse: Pedro Bala (Jean Luís Amorim), Professor (Robério Lima), Gato (Paulo Abade), Sem Pernas (Israel Gouvêa) e Boa Vida (Jordan Mateus) são adolescentes abandonados por suas famílias, que crescem nas ruas de Salvador. Eles praticam uma série de assaltos, o que faz com que sejam constantemente perseguidos pela polícia. Um dia Professor conhece Dora (Ana Graciela) e seu irmão Zé Fuinha (Felipe Duarte), que também vivem nas ruas. Ele os leva até o Trapiche, o que desencadeia a excitação dos demais garotos, que não estão acostumados à presença de uma mulher no local. Pedro consegue acalmar a situação e permite que Dora e o irmão fiquem por algum tempo. Só que, aos poucos, nasce o afeto entre o líder dos Capitães da Areia e a jovem que acabou de integrar o bando.

11) Que Horas Ela Volta? (2015)

Direção: Anna Muylaert | Drama | 114 min.

Sinopse: A pernambucana Val (Regina Casé) se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.

12) Tomboy (2011)

Direção: Céline Sciamma | Drama | 82 min.

Sinopse: Laure (Zoé Héran) é uma garota de 10 anos, que vive com os pais e a irmã caçula, Jeanne (Malonn Lévana). A família se mudou há pouco tempo e, com isso, não conhece os vizinhos. Um dia Laure resolve ir na rua e conhece Lisa (Jeanne Disson), que a confunde com um menino. Laure, que usa cabelo curto e gosta de vestir roupas ditas masculinas, aceita a confusão e lhe diz que seu nome é Mickaël. A partir de então ela leva uma vida dupla, já que seus pais não sabem de sua falsa identidade.

13) Garotas (2014)

Direção: Céline Sciamma | Drama | 112 min.

Sinopse: Marieme, 16, vive sua vida como uma sucessão de proibições. A censura exercida pelo bairro, a lei estabelecida pelos garotos, o beco sem saída da escola ... Mas seu encontro com um grupo de meninas que reivindicaram sua liberdade muda tudo. Ela abraça os códigos da rua, a violência e a amizade, para viver de fato sua juventude.

14) Pariah (2011)

Direção: Céline Sciamma | Drama | 86 min.

Sinopse: Pariah é a história de Alike, uma garota de 17 anos que vive no Brooklyn, em conflito com sua identidade sexual e sua auto-estima, também. Ela tem que esconder sua homossexualidade de sua família por medo de ser um fracasso como filha, enquanto sua incapacidade de se assumir entre seus amigos gays faz dela uma decepção igual a eles. Como ela esta mais perto de aceitar a sua identidade, sua vida se torna cada vez mais caótico e ela deve enfrentar seus próprias verdades, e se defender por conta própria.

15) Psicopata Americano (2000)

Direção: Mary Harron | Suspense, Terror | 102 min.

Sinopse: Patrick Bateman (Christian Bale) é jovem, branco, bonito e sem nada que o diferencie de seus colegas de Wall Street. Protegido pela conformidade, privilégio e riqueza, Bateman é também um serial killer, que vaga livremente e sem receios em busca de uma nova vítima. Seus impulsos assassinos são abastecidos por um zeloso materialismo e uma inveja torturante quando ele encontra alguém que possui mais do que ele. Após um colega dar-lhe um cartão de visitas melhor que o seu em tinta e papel, a sede de sangue de Bateman surge e ele aumenta ainda mais suas atividades homicidas, tornando-se um perigoso e violento psicopata.

16) O Babadook (2014)

Direção: Jennifer Kent | Terror, Thriller | 93 min.

Sinopse: Seis anos já se passaram desde a morte de seu marido, mas Amelia (Essie Davis) ainda não superou a trágica perda. Ela tem um filho pequeno, o rebelde Samuel (Noah Wiseman), e tem dificuldades para amá-lo. O garoto sonha diariamente com um monstro terrível e ao encontrar um livro chamado "The Babadok" reconhece imediatamente seu pesadelo. Certo de que Babadok deseja matá-lo, o menino começa a agir irracionalmente, para desespero de Amélia.

17) Monster - Desejo Assassino (2003)

Direção: Patty Jenkins | Policial, Drama, Biografico | 108 min.

Sinopse: Desesperada e sem muitas opções na vida, Aileen Wuornos anda de bar em bar e se prostitui até o dia em que conhece a jovem Selby Wall, mandada pelos pais para viver com os tios e tentar "curar sua homossexualidade". No entanto, a paixão entre as duas é mais forte que as pressões da família. Na impossibilidade de achar um emprego sério, Aileen continua a se prostituir para poder sustentar a namorada. Quando um de seus clientes se torna mais violento e coloca sua vida em risco, ela é obrigada a cometer um crime para se defender. E esse será o primeiro de uma série que a levará à destruição.

18) Marcas da Vida (2006)

Direção: Andrea Arnold | Suspense, Drama | 113 min.

Sinopse: Jackie (Kate Dickie) trabalha como operadora dos circuitos de câmera de segurança na periferia de Glasgow. Todo dia ela foca sua atenção em um pedaço deste mundo, protegendo a todos que vivem sob seu olhar. Até que um dia um homem chamado Clyde (Tony Curran) surge em seu monitor. Jackie acreditava que jamais o veria novamente e, sem escolha, é obrigada a confrontá-lo. Só que isto faz com que ela deixe de ser uma espectadora passiva para se tornar a protagonista da história que acompanhava.



19) Garota Sombria Caminha Pela Noite (2014)

Direção: Ana Lily Amirpour | Terror | 100 min.

Sinopse: Jackie (Kate Dickie) trabalha como operadora dos circuitos de câmera de segurança na periferia de Glasgow. Todo dia ela foca sua atenção em um pedaço deste mundo, protegendo a todos que vivem sob seu olhar. Até que um dia um homem chamado Clyde (Tony Curran) surge em seu monitor. Jackie acreditava que jamais o veria novamente e, sem escolha, é obrigada a confrontá-lo. Só que isto faz com que ela deixe de ser uma espectadora passiva para se tornar a protagonista da história que acompanhava.

20) Blackfish (2013)

Direção: Gabriela Cowperthwaite | Documentário | 83 min.

Sinopse: O longa conta a história de Tilikum, a principal baleia orca do parque temático SeaWorld, em Orlando, Estados Unidos, responsável pela morte de três pessoas. Imagens fortes e entrevistas emocionantes compõem o painel e ajudam a entender o comportamento da espécie, o tratamento cruel no cativeiro, além de recuperar as trajetórias e mortes dos treinadores, pilares de uma indústria multibilionária. O filme convida o espectador a repensar nossa relação com a natureza e explicita o quão pouco os humanos estão dispostos a aprender com esses mamíferos.

21) O Mundo Odeia-Me (1953)

Direção: Ida Lupino | Crime, Film-Noir, Thriller | 71 min.

Sinopse: Roy Collins (Edmond O'Brien) e Gilbert Bowen (Frank Lovejoy) saem para pescar nas montanhas da Califórnia, mas acabam mudando de planos e decidem ir ao México. No caminho, oferecem carona para um estranho, sem imaginar tratar-se de Emmett Myers (William Talman), um perigoso facínora procurado nos EUA e conhecido como "o caronista assassino".

22) Coisas Que Nunca Te Disse (1996)

Direção: Isabel Coixet | Romance, Drama | 93 min.

Sinopse: Uma balconista é abandonada pelo namorado e tenta o suicídio. Em seu caminho, surge um corretor de imóveis que é voluntário numa instituição que auxilia pessoas com dificuldades emocionais.

23) Across the Universe (2007)

Direção: Julie Taymor | Musical, Drama | 133 min.

Sinopse: O jovem estivador Jude (Jim Sturgess) sai de Liverpool em busca do pai, que mora nos Estados Unidos, e é envolvido pelo mar de mudanças que está transformando a nação norte-americana. Ele se apaixona por Lucy (Evan Rachel Wood), uma menina americana rica que participa do crescente movimento pacifista dentro da América, e os dois namorados, tão diferentes, vêem-se em um mundo psicodélico e enlouquecido.

24) Guerra ao Terror (2008)

Diretor: Kathryn Bigelow | Guerra, Thriller, Drama | 128 min.

Sinopse: Para um grupo de soldados americanos, alguns dias os separam do retorno para casa. Um período relativamente curto, se não fosse por tantas ocorrências que transformassem esse fim de jornada em um verdadeiro inferno. As forças armadas precisam de especialistas não só nos campos de combate mas também no dia a dia, na proteção do grupo contra insurgentes que promovem atentados, matando milhares de cidadãos.

Vencedor de seis Oscars, nas categorias Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original, Melhor Montagem, Melhor Som e Melhor Edição de Som.



25) Detroit em Rebelião (2017)

Direção: Kathryn Bigelow | Drama | 143 min.

Sinopse: Uma operação policial sem planejamento originou uma rebelião civil, gerando uma devastadora revolta popular que tomou conta da cidade de Detroit ao longo de cinco dias em 1967. O que resultou em uma batalha campal e deixou um saldo impressionante de 43 mortos, mais de 340 feridos e 7 mil prédios queimados.

26) What Happened, Miss Simone? (2015)

Direção: Liz Garbus | Documentário | 102 min.

Sinopse: A vida da cantora, pianista e ativista Nina Simone (1933-2003). Usando gravações inéditas, imagens raras, diários, cartas e entrevistas com pessoas próximas a ela, o documentário faz um retrato de uma das artistas mais incompreendidas de todos os tempos.

27) Born in Flames (1983)

Direção: Lizzie Borden | Drama, Fantasia | 80 min.

Sinopse: Dois grupos feministas de Nova York usam uma rádio como meio de propagação de ideias e de luta. Eles abordam a heteronormatividade, o machismo e o racismo. A comunidade local começa a se transformar. Uma ativista internacional é presa no aeroporto de Nova York e morre enquanto está detida. A população local se mobiliza.

28) Grave (2016)

Direção: Julia Ducournau | Terror | 98 min.

Sinopse: Na família de Justine (Garance Marillier), todos os integrantes trabalham com a área veterinária e são vegetarianos. No entanto, assim que Justine pisa na escola de veterinária, ela acaba comendo carne. As consequência deste ano logo serão sentidas e chocarão toda a família.

29) Corpo e Alma (2017)

Direção: Ildikó Enyedi | Drama, Romance | 106 min.

Sinopse: Uma história de amor que começou em sonho, literalmente. Numa dualidade entre o dormir e o acordar, duas pessoas que não se conhecem têm sonhos exatamente iguais, e acabam se encontrando diariamente todas as noites nesse mundo paralelo de fantasia. Quando chega a hora de se encontrarem de verdade, a situação se mostra ainda mais complexa.

30) Elena (2012)

Direção: Petra Costa | Documentário | 82 min.

Sinopse: Elena viaja para Nova York com o mesmo sonho da mãe: ser atriz de cinema. Deixa para trás uma infância passada na clandestinidade dos anos de ditadura militar. Deixa Petra, a irmã de sete anos. Duas décadas mais tarde, Petra também se torna atriz e embarca para Nova York em busca de Elena. Tem apenas pistas. Filmes caseiros, recortes de jornal, um diário. Cartas. A todo momento Petra espera encontrar Elena caminhando pelas ruas com uma blusa de seda. Pega o trem que Elena pegou, bate na porta de seus amigos, percorre seus caminhos. E acaba descobrindo Elena em um lugar inesperado. Aos poucos, os traços das duas irmãs se confundem, já não se sabe quem é uma, quem é a outra. A mãe pressente. Petra decifra. Agora que finalmente encontrou Elena, Petra precisa deixá-la partir.



31) Caixa de Pássaros (2018)

Direção: Susanne Bier | Thriller 

Sinopse: Num cenário pós-apocalíptico onde o simples olhar pode te levar à morte, uma mãe e seus dois filhos atravessam um rio de olhos vendados em um barco, em busca de um lugar seguro.

32)  Escolarizando o Mundo (2010)

Direção: Carol Black | Documentário | 66 min.

Sinopse: Para mudar uma antiga cultura em apenas uma geração, basta mudar a maneira de educar as crianças. O Governo dos Estados Unidos fez isso com a população indígena no século 19, e até os dias de hoje voluntários abrem escolas em locais isolados do mundo com a certeza de que proporcionarão uma “vida melhor” para as crianças nativas. Mas será verdade? O que acontece ao substituirmos os métodos tradicionais de aprendizagem de uma cultura pelo nosso? São perguntas que este documentário tenta responder, ao enfocar os efeitos da educação moderna nas últimas culturas indígenas que ainda existem.

33) O Destino de Júpiter (2015)

Direção: Lana Wachowski, Lilly Wachowski | Ficção-Científica, Ação | 127 min.

Sinopse: Jupiter Jones (Mila Kunis) é a descendente de uma linhagem que a coloca como a próxima ocupante do posto de Rainha do Universo. Sem saber disto, ela segue sua vida pacata trabalhando como empregada doméstica nos Estados Unidos, país onde vive após deixar a Rússia. Um dia, ela recebe a visita de Caine (Channing Tatum), um ex-militar alterado geneticamente que tem por missão protegê-la a todo custo e levá-la para assumir seu lugar de direito.

34) As Faces de Helen (2009)

Direção: Sandra Nettelbeck | Drama | 120 min.

Sinopse: Uma talentosa professora de música e mãe sofre de uma profunda e debilitante depressão. A família tenta ajudá-la, mas ninguém é capaz de lidar com sua dor quanto uma jovem estudante que conhece muito bem o estado depressivo.

35) O Jardim Secreto (1993)

Direção: Agnieszka Holland | Fantasia | 101 min.

Sinopse: Mary Lennox (Kate Maberly) vivia na Índia com seus pais. Porém um estouro de elefantes os mata e, seis meses depois, Mary desembarca em Liverpool, na Inglaterra, para viver com Lorde Archibald Craven (John Lynch), seu tio, na mansão Misselthwaite. Lorde Craven perdeu a mulher há dez anos e nunca mais conseguiu superar a tragédia. Mary passa a explorar a propriedade e descobre um jardim abandonado. Entusiasmada com a descoberta, Mary decide restaurar o lugar com a ajuda do filho de um dos serviçais da casa, conquistando assim a atenção do primo doente. Juntos eles desafiam as regras da casa e o velho jardim se transforma em um lugar mágico, cheio de flores, surpresas e alegria. O jardim secreto é um lugar fantástico onde não existe tristeza e arrependimento, um lugar onde a força da amizade pode trazer de volta a beleza da vida.

36) Selma: Uma Luta Pela Igualdade (2014)

Direção: Ava DuVernay | Drama, Histórico | 128 min.

Sinopse: Narra a luta histórica do dr. Martin Luther King Jr. para garantir o direito ao voto para os afro-americanos – uma campanha perigosa e apavorante que culminou na épica marcha de Selma a Montgomery, no Alabama, que galvanizou a opinião pública americana e persuadiu o presidente Johnson a apresentar a Lei do Direito ao Voto de 1965.



37) O Diário de Bridget Jones (2001)

Direção: Sharon Maguire | Romance, Comédia | 97 min.

Sinopse: Bridget Jones é uma trintona que decide, entre as resoluções de Ano Novo escrever um diário. Bridget Jones revela, a cada capítulo, as suas qualidades e os seus defeitos, além de expor com muito humor situações que fazem parte do dia-a-dia de várias mulheres na faixa dos trinta anos: problemas com o trabalho, a busca do homem ideal etc. Cada capítulo do livro trata de um determinado dia na vida desta anti-heroína, que sempre inicia o seu relato contabilizando o peso e as calorias, cigarros e unidades alcoólicas que consumiu no dia anterior.

38) Requisitos Para Ser uma Pessoa Normal (2015)

Direção: Leticia Dolera | Romance, Comédia | 90 min.

Sinopse: Maria tem 30 anos, é uma pessoa peculiar e tem um objetivo: se tornar uma pessoa normal. Mas antes de tudo ela deve descobrir o que é exatamente isso. Que tipo de pessoa que ela é? Ela é uma pessoa normal? O que exatamente isso significa? Essa questão é mais profunda em sua mente. Depois que ela lista todos os requisitos, ela se propõe alcançá-los. Nesse percurso ela vai encontrar a ajuda de seu irmão, Alex, um rapaz de 25 anos com problemas mentais e que atinge todas as necessidades da lista. Ela conhece Borja, um garoto obcecado com dietas e perder peso. Eles vão fazer um pacto curioso: ela o ajuda a viver uma vida ativa e saudável, e ele a ajuda a encontrar seu objetivo: se tornar uma pessoa normal.

39) A Escolha Perfeita 3 (2018)

Direção: Trish Sie | Comédia, Musical 

Sinopse: Agora formadas, Beca (Anna Kendrick), Fat Amy (Rebel Wilson), Chloe (Brittany Snow) e as demais Bella Bardens estão infelizes devido a trabalhos mal remunerados e pouco motivadores. Diante desta situação, elas decidem se unir mais uma vez como grupo a capela para participar do USO Tour, uma turnê que as levará para apresentações na Europa. Lá, elas precisam duelar com grupos musicais que privilegiam a autorialidade das canções em detrimento de novas versões de músicas já consagradas.

40) XX (2017)

Direção: Jovanka Vuckovic, Karyn Kusama, Roxanne Benjamin, St. Vincent | Terror | 80 min.

Sinopse: XX reúne quatro diretoras que tiveram a liberdade de contar qualquer história que quisessem, envolvendo o gênero horror e que girassem em torno de uma protagonista feminina

41) O Dia em que me Tornei Mulher (2000)

Direção: Marzieh Makhmalbaf | Drama, Comédia | 78 min.

Sinopse: Três gerações de mulheres. Todas em confronto com o pecado. A primeira delas é Hava, uma menina de nove anos. No dia do seu aniversário, a mãe a proíbe de sair de casa, pois está se tornando mulher. Se sair, estará pecando. A garota insiste, chorando. A avó, ao se lembrar que Hava nasceu ao meio-dia, permite que ela dê uma última escapada, apenas para despedir-se dos amigos. Uma garota vive para sua bicicleta. E está participando de uma corrida feminina, mas, durante todo o tempo, é perseguida por seus familiares que não aceita que ela seja uma esportista. Se ela persistir em praticar o esporte, considerado por eles um gesto pecaminoso, será expulsa de casa. Num aeroporto, uma senhora de cadeira de rodas se aventura comprando tudo aquilo que nunca pôde ter na vida: geladeira, televisão etc. Pede que tudo seja entregue numa praia, que será seu lar ideal e sua última casa.

42) Jovem Aloucada (2012)

Direção: Marialy Rivas | Drama | 96 min.

Sinopse: Daniela (Alicia Rodriguez) é uma jovem de 17 anos que teve uma rígida criação no seio de sua família evangélica. A rebeldia e a frustração, próprias de sua idade, a leva viver uma vida pautada em aventuras sexuais que são narradas em um blog. Uma dessas aventuras é descoberta e a menina é expulsa do colégio e proibida pela família de prestar o vestibular. Como castigo, sua mãe (Aline Kuppenheim), impõe que a jovem trabalhe em uma emissora que produz programas gospel, onde ela conhece Thomas (Felipe Pinto) e Antônia (Maria Gracia Omegna). A relação com Thomas e Antônia, potencializará os questionamentos existenciais de Daniela, intensificando também as suas experiências individuais frente à vida.



43) Kbela (2015)

Direção: Yasmin Thayná | Curta-Metragem | 22 min.

Sinopse: Representatividade, empoderamento, autoestima e reconhecimento são disputas que o KBELA se insere, onde o desafio é, a partir da criação de novas narrativas sobre a mulher negra, garantir alguma visibilidade que possa interferir, e quem sabe, alterar efetivamente a realidade.

44) Cléo das 5 às 7 (1962)

Direção: Agnès Varda | Drama | 90 min.

Sinopse: Agnès Varda, uma visionária da "new wave" francesa, capturou a atmosfera de Paris dos anos 60, mostrando os questionamentos de uma mulher solteira enquanto espera o resultado de uma biopsia. Uma crônica de duas horas cruciais na vida de uma mulher. Cléo das 5 as 7, mostra uma mistura profunda de realidade com sofrimento.

45) Encontros e Desencontros (2003)

Direção: Sofia Coppola | Drama | 101 min.

Sinopse: Bob Harris (Bill Murray) é uma estrela de cinema, que está em Tóquio para fazer um comercial de uísque. Charlotte (Scarlett Johansson), por sua vez, está na cidade acompanhando seu marido, um fotógrafo workaholic (Giovanni Ribisi) que a deixa sozinha o tempo todo. Sofrendo com o horário, Bob e Charlotte não conseguem dormir. Eles se encontram, por acaso, no bar de um hotel de luxo, e em pouco tempo tornam-se grandes amigos.

46) Quero ser Grande (1988)

Direção: Penny Marshall | Drama, Fantasia | 104 min.

Sinopse: Em um passeio num parque de diversões Josh (David Moscow) acaba barrado na montanha-russa. Revoltado, ele pede à máquina dos desejos para ser grande. No dia seguinte o pedido foi realizado e a mãe o expulsa de casa, pois não conhece aquele estranho de trinta anos (Tom Hanks). Josh, porém, continua sendo apenas uma criança e agora precisa aprender a se relacionar no mundo dos adultos.

47) Docinho da América (2016)

Direção: Andrea Arnold | Drama | 163 min.

Sinopse: Star (Sasha Lane), uma adolescente que busca viver aventuras, decide se juntar a um caixeiro viajante e cruzar o território do meio-oeste dos Estados Unidos vendendo assinaturas de revistas. No meio da viagem, ela entra em uma loucura de festas, crimes e amores junto com um grupo de desajustados.

48) Rastros (2017)

Direção: Agnieszka Holland | Mistério, Policial | 128 min.

Sinopse: A aposentada Janina Duszejko, uma mulher vegetariana e apaixonada por astrologia, vive em uma pequena aldeia dos Sudetos. Numa noite de inverno com muita neve, ela encontra o corpo de um vizinho, que era caçador. As circunstâncias da morte do homem são muito misteriosas.



49) Quando Chega A Escuridão (1987)

Direção: Kathryn Bigelow | Terror, Thriller | 94 min.

Sinopse: Certa noite, o jovem Caleb Colton conhece uma bela garota, Mae, e acaba sendo mordido e transformado em vampiro por ela. Logo Caleb descobre que Mae faz parte de um grupo de vampiros errantes que atacam caroneiros e bares de beira de estrada através dos Estados Unidos. Ele é forçado a seguir com o bando e se aproxima cada vez mais de Mae. Mas seu pai, o veterinário Loy, começa a investigar o sumiço do filho.

50) Carrie - A Estranha (2013)

Direção: Kimberly Peirce | Drama, Terror | 99 min

Sinopse: Carrie White (Chloë Grace Moretz), uma garota tímida rejeitada por seus colegas e super-protegida por sua mãe profundamente religiosa (Julianne Moore), que traz o terror telecinético para sua pequena cidade após sofrer uma brincadeira de mal gosto durante o baile de formatura.

51) Bicho de Sete Cabeças (2001)

Direção: Laís Bodanzky | Drama | 74 min.

Sinopse: Seu Wilson (Othon Bastos) e seu filho Neto (Rodrigo Santoro) possuem um relacionamento difícil, com um vazio entre eles aumentando cada vez mais. A situação entre os dois atinge seu limite e Neto é enviado para um manicômio, onde terá que suportar as agruras de um sistema que lentamente devora suas presas.

52) Era o Hotel Cambridge (2016)

Direção: Eliane Caffé | Drama | 99 min.

Sinopse: O filme nos mostra a situação incomum dos desabrigados e refugiados que se espremem em um prédio abandonado no centro de São Paulo, no Brasil. A tensão diária causada pela ameaça de despejo revela os dramas, as alegrias e os diferentes pontos de vista dos invasores.

53) Good Morning, Killer (2011)

Direção: Maggie Greenwald | Policial, Suspense | 90 min.

Sinopse: A agente especial do FBI Ana Gray enquanto caça um seqüestrador, ela desenvolve um relacionamento com a mais recente vítima dele. Enquanto isso, o suspeito de repente muda seu padrão e agora Ana tem que correr contra o tempo para encontrá-lo antes que ele ataque novamente.

54) Aurora (2012)

Direção: Kristina Buožytė | Ficção-Científica | 124 min.

Sinopse: Lukas é um cientista que foi escolhido para fazer parte de um experimento baseado em transferência neural: as informações neurais de uma garota em coma serão a ele transferidas, fazendo com que, de alguma forma, ele seja inserido na mente da garota. O bem-sucedido experimento leva Lukas a um mundo surreal habitado por uma linda mulher, por quem imediatamente se torna obcecado. Então, ele decide não partilhar todos os resultados com os cientistas, de forma a ser plugado continuamente para poder encontrar sua paixão.


Só filme incrível e com premissas interessantes, não é mesmo? Vai me dizer que depois de conferir essa lista, nem uma empolgaçãozinha resolveu fazer morada no seu coração de cinéfilo. Eu sabia, não tem como conhecer o projeto e não querer fazer parte também.

Você pode encontrar essa minha lista também no Filmow, curtindo ela aparece no seu perfil, assim você não esquece das escolhas e tem sempre por perto, caso queira adicionar eles na sua grade também. Além de que se quiser é possível acessar os dados dos filmes por lá.

Ah, a lista será atualizada conforme vai saindo as críticas e acrescentei dois filmes extras, pois a direção foi dividida entre um homem e uma mulher, assim não tira espaço daqueles, de fato, dirigidos apenas por mulheres. Pretendo assistir bem mais do que os 52 filmes dirigidos por mulheres.

Enfim, the future is female, ou seja, o futuro é feminino, mas a gente constroi ele hoje, com pequenas e grandes atitudes que terão impacto no agora, no amanhã, no hoje e no futuro. Preencha seu dia, seu mês, seu ano com mulheres, leia, assista, consuma a arte produzida por elas, aprecie e valorize suas habilidades seja no que for. Aprecie a si mesma que também tem uma parte de artista, que também possui talentos e habilidades extraordinárias. Vamos apoiar umas as outras para que possamos conquistar o espaço que merecemos em qualquer lugar do mundo.

Tagarelem comigo, o que acharam dos filmes? Quais estarão na sua lista também?

Acompanhe a Pinguim Tagarela nas redes sociais:


Até a próxima tagarelice e lembre-se de apoiar sempre as mulheres.

Veja Também

4 Tagarelices

  1. Eu amo esse desafio! Ainda não o completei, mas amo desafios envolvendo produções de mulheres!

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse desafio é incrível, né? Quero poder participar de outros também, se souber algum para indicar, vou ficar feliz <3

      Excluir
  2. Aaaahhh! Quantas produções, mas tem pelo menos uns três que já assistir e estão nessa lista ai. E teve uns que me deixaram extremamente curiosa em saber mais sobre o filme e tudo. Amei!

    Jornal Informal

    ResponderExcluir

comentário(s) pelo facebook: