Pinguim Tagarela | Cultura pop e nerd a uma tagarelice de distância! Star Wars: Os Últimos Jedi | Tudo o que já sabemos sobre os personagens e as novas espécies - Pinguim Tagarela
Tecnologia do Blogger.

Star Wars: Os Últimos Jedi | Tudo o que já sabemos sobre os personagens e as novas espécies

Por - 13 dezembro


Mais uma matéria do nosso Especial de Star Wars e chegou o momento de sabermos mais sobre os personagens que já conhecemos, quais serão os novos e, meu deus, pirar um pouco com as novas espécies que detalhe são extremamente fofas. Os Últimos Jedi está bem pertinho de chegar, a gente já está em contagem regressiva, não é mesmo? A ansiedade nem tá mais batendo na porta, ela meio que invadiu tudo e para acalmar os ânimos, ou talvez agitar mais ele, vamos conhecer um pouquinho mais das informações que já temos sobre os personagens e as criaturas, que já amamos. 

E, então, vamos? Apertem os cintos estaremos entrando na velocidade da luz!

It's time for the spoilers to end.
Mas enquanto não acaba, pode conter spoilers.

Personagens já conhecidos

Sei que vocês estão com saudades deles, dos nossos queridinhos e amados personagens, como que sei? Porque também estou, faz 84 anos desde a última vez que os vimos. Mas, enfim, temos novidades interessantes sobre os personagens, além de declarações dos seus interpretes. 

Rey

Daisy Ridley como Rey


O maior questionamento que surgiu desde que O Despertar da Força foi lançado é quem são os pais de Rey, qual a sua origem e porque ela foi parar em Jakku. Se vocês, assim como eu, esperam chegar mais perto de respostas em Os Últimos Jedi, então podem comemorar, pois teremos, sim. O próprio diretor Rian Johnson afirmou em uma entrevista ao Good Morning America: 
"É algo que vai ser abordado no filme. Depende. Eu não posso dizer. Eu estava prestes a dizer alguma coisa. Você quase me pegou! Há muitas surpresas neste filme e há muitas voltas e reviravoltas. E eu realmente quero que as pessoas experimentem as surpresas quando vêem o filme pela primeira vez."
Ainda com relação a sua origem, Adam Driver, que interpreta Kylo Ren, deixou escapar uma declaração que pode dizer a respeito de Rey:
"Você também tem a identidade escondida desta princesa que está escondendo quem ela realmente é para que possa sobreviver, e [tem] Kylo Ren e ela se escondendo atrás desses artifícios."
Ao que parece encaixa muito bem com nossa protagonista, mas seria mesmo Rey uma princesa? Não sei se gosto muito da ideia, não. Espero, de verdade, que ela não seja uma Skywalker - digo isso por causa da Princesa Leia - e sim uma Kenobi, está na hora já de trazer os descendentes dele, não é mesmo?

A origem da personagem é um dos pontos importantes para a trama e para a história pessoal dela, então, realmente se tem discutido muito sobre, os fãs tem feitos várias teorias, o mistério tem nos levado a pensar cada vez mais sobre ele desde O Despertar da Força, então é normal esse assunto surgir em várias entrevista com o elenco e com o diretor, disso tiramos algumas informações, como por exemplo, que J.J Abrams e Rian Johnson trabalharam juntos para traçar o passado da nossa protagonista e segundo a Ridley Adams tinha revelado a ela durante as filmagens do primeiro filme dessa trilogia e ela acredita que não mudou. Quem será que deve ser? Quem vocês acham que é, contem-me!

Também temos a declaração do diretor sobre a importância dessa descoberta para Rey: "Eu acho que é importante para ela em termos de saber qual é o lugar dela no meio disso tudo? O que vai defini-la nessa história? Foi dito a ela no último filme que a resposta não estava no passado, mas sim no futuro. Mas ela está surgindo nessa ilha para conversar com esse herói do passado." Será que ela vai obter respostas através do Luke quanto a esse assunto também? Além da questão principal que é o treinamento dela, mas seria algo interessante, uma vez que essa busca por se enxergar seu lugar no meio disso tudo, pode vir através da luz de conhecer sua própria origem.

Podemos ter certeza também de que haverá um encontro entre Snoke e Rey, havendo, inclusive, uma cena de tortura envolvendo ela, como também podemos relacionar e até mesmo já ter tirado conclusão disso nos trailers. Como na cena a seguir:




Mas, a conformação veio através da atriz Daisy Ridley: “Ele parece louco. Snoke é um cara do mal, se é que dá pra chamar ele de cara. Snoke é um daqueles testes para Rey, e quando eu digo teste, será um dos piores testes de todos. Filmar a cena de tortura com Snoke foi doloroso. Minha garganta doeu depois daquela.” Deve ter sido uma cena tensa e pesada.

Daisy ainda falou mais sobre a sua personagem para a Enterteinment Weekly: "A Resistência não é muita coisa para ela. Ela foi deixada por toda a vida e tem vontade de ajudar outras pessoas, o que é maravilhoso. Ela quer ser parte de algo. Todo mundo quer ser parte de algo. Ela realmente não sabe o que quer. Ela realmente está tentando fazer a coisa certa e, moralmente, sua bússola sempre está apontando para o norte." É super compreensível essa confusão para Rey, uma vez que ela acabou caindo de paraquedas nesse embate da Resistência com a Primeira Ordem, além de toda a questão da Força ser algo muito novo para ela, então, sabemos o quanto ela vai precisar se situar e nisso o Luke vai ser de extrema importância.

Essas são as informações mais relevantes já reveladas sobre a protagonista, para saber mais teremos que esperar para ver, ainda bem que falta bem pouco mesmo.

Luke Skywalker

Mark Hamill

Já podemos esperar uma complexidade para o exílio de Luke, uma boa explicação, além de uma muito bem elaborada. Sabemos através de uma entrevista do diretor para o Good Morning America, que escrever o motivo pelo qual Luke resolveu se exilar foi seu maior desafio e que com certeza pensar no primeiro dialogo dos dois foi o ponto de partida para a história. Além disso, Rian disse:
"Temos uma ideia do que Rey quer de Luke. Para mim, o grande enigma é o que está rolando com Skywalker. Por que ele está naquela ilha? Ele sabe que seus amigos estão em perigo. Ele sabe que a galáxia precisa dele. Por que este herói com o qual cresci se exilou? Para mim, foi como se pudéssemos esmiuçar isso e a partir daí tivemos algo com o que começar e em torno isto informará o que essa relação deles é."
Realmente, o motivo pelo qual Luke resolveu se afastar de tudo e ir para a ilha é de extrema importância, pois deve ser por um motivo bastante forte e que valha a pena, Luke não é o tipo de pessoa que deixaria os amigos e a irmã na mão mesmo que estivesse devastado. Outro grande mistério do longa diz respeito a isso. 

Mark Hamill explica um pouco sobre o comportamento de Luke que vimos nos trailers e materiais promocionais:
"Ele dizer que está na hora de os Jedi acabarem é uma grande declaração para alguém que era símbolo de esperança e otimismo. O que faria alguém mudar tanto? Realmente sofri para entender isso. Luke cometeu um grande erro ao pensar que seu sobrinho era o escolhido, então investiu tudo que tinha em Kylo, assim como Obi-Wan fez por ele. Até que é traído, com trágicas consequências. Luke se sente responsável. Se sente culpado por não perceber a escuridão até ser tarde demais.
Espero, de verdade, que o exílio de Luke se dê por conta de uma busca dele em conciliar os dois lados da Força devido ao que ele observou ao longo desse tempo todo e que teve o Kylo como mais um forte motivo, como a necessidade de se alcançar o equilíbrio que há tanto vem sendo falado em Star Wars. Daí surgiria um novo treinamento, então, faria sentido a frase que ele diz sobre os Jedi acabarem, pois deixariam de existir do jeito que conhecemos porque uma nova forma de treinamento e ensinamento viria a ser utilizado, no qual, se faz uso dos dois lados da Força, em equilíbrio, como os Jedi Cinza. Mas enfim, isso é o que a Pinguim espera que seja com base no tanto que nos materiais promocionais eles tem optado por mostrar essa dualidade e gerar dúvida se o Kylo vai ir pro lado luminoso da Força e se a Rey ou o Luke vão sucumbir ao lado negro.

Quer exemplo melhor do que esse?!






O que pode ainda reforçar essa ideia é a de que Johnson quando questionado se Rey vai ser treinada de forma parecida com a que Luke foi pelo Yoda em O Império Contra-Ataca, o diretor disse: "Há um aspecto de treinamento nele, mas não exatamente da forma que você esperaria."

Uma forma super diferente e nunca abordada nos filmes é unir ambos os lados da Força, em equilíbrio. Fica aí mais um indicativo, mas nada confirmado. Nota da Pinguim: Perceberam que eu quero muito isso, né? Seria incrível demais, imaginem!

É possível que tenhamos uma união novamente dos irmãos Skywalker em Os Últimos Jedi, Mark Hamill para a EW disse:
"Luke quer muito reunir a família que ele estabelecu nos filmes originais, mas ele está em um momento sombrio em sua vida, no qual ele renunciou a tudo isso. A grande questão é: por que ele não respondeu aos chamados de Leia durante o último filme? Há muita coisa que você só consegue responder em Os Últimos Jedi."
Mais uma vez, teremos resposta a respeito do motivo pelo qual Luke resolveu ir para Ahch-To, essa renúncia e exílio tem que ter um porquê bem importante, deve ter um baita propósito, até porque anteriormente vimos que o diretor afirmou ser um dos pontos de partida. E, novamente, o desejo de reunir sua família mostra ainda mais o quão importante é o motivo de se afastar indo para a ilha.

Quanto ao título do filme, o diretor já declarou que pensa nele como singular, mesmo que aqui no Brasil tenha sido traduzido no plural e quem seria o último Jedi? Segundo ele: "No letreiro de abertura de O Despertar da Força, Luke Skywalker, neste momento, é o último Jedi. Sempre há espaço para reviravolta nesses filmes – tudo é de um certo ponto de vista –, mas entrando em nossa história, ele é o último dos Jedi. E ele se retirou e está sozinho nesta ilha, por razões desconhecidas." Será que ele vai permanecer sendo o último Jedi? Seria isso outro indicativo que não teremos mais Jedi da forma que conhecemos? Mais perguntas que deixamos que o filme responda e esperamos que, de fato, ele o faça.

General Leia
Carrie Fisher como Leia 

Não sei vocês, mas quando eu ver a Carrie em cena, vou chorar e muito, não tenho dúvidas.

Não temos muitas informações a respeito do que acontecerá com Leia em Os Últimos Jedi, sabemos que será uma despedida emocionante, como o diretor disse ao Chicago Sun:
"Ter essas cenas no filme criam um novo contexto trágico por não tê-la mais aqui, é incrivelmente emotivo. Nos próximos meses, ver os fãs… processar a perda e celebrá-la como Leia uma última vez, vai ser intenso. Eu acho que vai ser muito triste, mas também alegre, espero. Ela realmente chutou bundas como General Leia, e estou muito feliz com isso."
Acredito que não poderia ser melhor descrito o sentimento, será bem triste ter que se despedir, mas levaremos a alegria de ter conhecido uma pessoa ícone, que foi uma grande inspiração e exemplos para todos nós e de saber que iremos carregar tudo o que ela pode acrescentar na nossa vida. A Força está com ela, está conosco e pela Força ela está em cada um de nós.

Em entrevista ao Popcorn, John Boyega, que interpreta o Finn, também fez uma declaração falando a respeito disso:
"Esse filme se despede dela de uma forma muito, muito incrível. Ela se mantém viva nessa franquia. Sabe, essa é a beleza disso, ela vive para sempre de uma certa forma."
Esperamos que seja a altura da Carrie, pois ela é incrível e sua personagem, em homenagem, deve ter um desfecho tão incrível quanto.

John ainda fez mais uma declaração, mas dessa vez, focando mais na personagem da General Leia: "Há muita pressão sobre a resistência e a general Leia está na linha de frente, tendo que tomar grandes decisões. É uma performance que requer uma abordagem sincera, e ela definitivamente teve isso. " Para completar com tal informação, Oscar Isaac, que interpreta o piloto Poe Dameron, disse: "Leia entendia que não estaria por aqui para sempre, e há uma passagem da tocha que precisa acontecer. Ela quer dar o máximo de sua sabedoria antes que este momento chegue." Isso indica que a passagem de tocha será da General Leia para a Almirante Holdo.

O destino da General não foi modificado em Os Últimos Jedi, apesar de ficar com o clima de despedida, o filme não tinha essa proposta, uma vez quando o incidente aconteceu, as cenas da Carrie já tinham sido gravadas. Segundo Rian: "Nós acabamos não mudando nada. Por sorte, nós tínhamos uma performance totalmente completa dela." Em outra entrevista, disse: 
"Em ’Os Últimos Jedi’, não nos adaptamos para ser uma despedida a ela. Mas acho que há momentos que realmente significarão muito para os fãs. Você verá mais de Leia do que jamais visto." 
Logo, podemos concluir que quem terá que desenvolver um desfecho mesmo para a personagem é J. J. Abrams, diretor do Episódio IX. A pergunta que não quer calar é como ele vai fazer isso em sua narrativa?

"Ela é insubstituível", disse Mark Hamill, "’Star Wars’ é sobre grandes triunfos e tragédias, e não consigo pensar em uma tragédia maior do que perder nossa Leia". Nós também, Mark. Nós também!

Finn

John Boyega como Finn

Temos a informação de que Finn tem certa fama entre a Resistência, segundo uma entrevista dada à EW, John Boyega disse: "Engraçado é que entre o Episódio VII e VIII Finn se tornou meio que uma estrela! Ele agora é uma grande figura. Imagine isso – você é derrubado por Kylo Ren. Pense como será a fofoca dentro da Resistência. ‘Ah, esse é o cara que foi esmagado por Kylo? Como vai, rapazes? Como vai? Sim, eu estava lá. Então a Falcon me pegou … Sim, eu conheci Han Solo pelo caminho. Estávamos bem perto’. Todo esse tipo de coisa deve rolar. O pessoal da Resistência tem um momento de fã quando o vêem." Isso deve ser bem divertido de presenciar e faz todo sentido, não é mesmo? Eles são meio que lendas.

Mas, não é só de momentos divertidos que vive um membro da Resistência, Finn vai encarar uma missão um tanto quanto (bastante) perigosa, uma vez que nos trailer tivemos a ciência de que ele estará infiltrado na Primeira Ordem e é como o próprio ator disse em uma entrevista a SciFiNow: "Finn agora é um terrorista espacial, ele é como um fugitivo. Isso causa muita atenção." Logo estar infiltrado na base inimiga, que certamente está louca para acabar contigo, sendo, que inclusive você fazia parte e te veem como traidor. Bem longe de ser fácil. Que a Força proteja o nosso Finn!

Nessa mesma entrevista, Boyega falou mais sobre como será seu personagem em Os Últimos Jedi:
 "Nesse filme, ele tem que tomar a decisão sobre a que lugar do mundo ele pertence, como ele quer se identificar. Eu acho que isso é tão importante."  
Como é de se esperar temos mais um personagem precisa compreender qual seu papel no meio de isso tudo, assim como Rey, no entanto, para Finn consegue ser ainda mais confuso, pois houve ele foi de stormtrooper para um membro da Resistência, teve uma mudança de lado, então é preciso certo tempo para compreender o plano geral e reconhecer qual seu papel no meio disso tudo. Algo bem natural e normal, gosto disso, pois temos, assim, identificação, esses dilemas e essa questão de se encaixar, de sentir a qual parte do mundo você pertence são coisas que todos nós passamos, ao menos uma vez na vida.

Tagarelo demais, eu sei, mas voltando ao assunto, o John também explicou como é essa situação de estar infiltrado em um lugar em que você é visto como traidor e o quanto tenso isso pode ser:
"Bom, vamos imaginar que você trabalha no McDonald's, empurra seu gerente em um compactador e então volta 1 ano depois, vestido como um de seus colegas. Não é a melhor situação. Há muita perseguição, uma missão que precisa ser completada, mas não é algo necessariamente que acontece sem uma luta. E é algo que você precisa enfrentar por si mesmo."
No entanto, do ponto de vista do ator, a diversão fez parte dessas cenas: "...Mas foi divertido pra mim. Eu sempre quis usar um disfarce. Fazer isso em Star Wars é diferente porque você usa um chapéu e, de repente, ninguém mais reconhece você. Pensei algumas vezes, que alguém ia aparecer nessas cenas e dizer 'espera, esse não é o Finn?'. Mas há essa mágica em Star Wars. É divertido de fazer." Disse Boyega.

Nota da Pinguim: John me representa, quem não acharia divertidíssimo fazer parte desse universo incrível que é Star Wars.

Por fim, o ator falou um pouco sobre a mudança do seu personagem desde O Despertar da Força, a entrevista foi dada ao The One Show: “O Finn tinha coisa para aprender em ‘O Despertar da Força’. Ele estava com a cabeça cheia e foi isso que o levou a ser derrotado na cena do bosque, quando Rey apareceu para lhe dar suporte. As coisas agora serão diferentes.” Meu Deus, isso quer dizer que veremos um Finn mais forte, o que dá para perceber também devido a missão de se infiltrar tem que ter coragem e ser badass e sabemos que o Finn é.

Kylo

Adam Driver como Kylo Ren (Ben Solo)


Após O Despertar da Força, em que Kylo mata seu próprio pai, surge a dúvida do quando isso irá mexer com o vilão, sabemos que isso será um dos pontos a ser abordados. Em entrevista a EW, o diretor Rian Johnson falou um pouco mais a respeito desse assunto, segundo ele:
“Ele definitivamente foi abalado. A derrota que teve no final de O Despertar da Força e, ainda maior do que isso, o ato que o definiu: o assassinato do pai. Isso é mais interessante de se aprofundar. Como ele lida com isso em sua cabeça? Onde ele está, em termos desse ato e do que isso significa?”
Ser o assassino do próprio pai é algo que mexe e muda com a pessoa, vocês não acham? Ansiosa para saber de que jeito vão trabalhar em cima disso. Nessa mesma entrevista o diretor relacionou a ida do Ben Solo para o lado negro com a rebeldia que encontramos na adolescência:
"Kylo representa o tipo de raiva rebelde que você sente durante essa fase. Honestamente, às vezes é um desejo bom sair de onde você conhece, de onde você veio. Mas com certeza ele faz isso de forma extrema e nada saudável."
Segundo o ator, Adam Driver, um dos motivos que afastou Kylo Ren da causa da Resistência, pode ter sido seus pais:  "Acredito que a ideia de alguém cujos pais são muito devotos a uma causa é algo que muitas pessoas podem se relacionar, seja religião, política ou negócios. Não se identificar com esta causa, pode deixar a pessoa com complexo." A devoção excessiva ou até mesmo o fato de não contar sobre o seu avô, Darth Vader, poderiam ser algo que influenciou negativamente Ben, algo que o deixou revoltado, acredito que se optarem pela questão de não contar que seu avó era do lado negro, esse segredo escondido, pode ser visto como uma origem negada, uma sensação de que estão mentindo para ti, o que levaria a uma rebeldia. Seria uma forma interessante de se abordar essas questão, ainda mais quando Kylo perceber que Snoke está apenas querendo usar ele, como Han o alertou.

Kylo ainda está dividido e lidar com a questão de ter assassinado seu pai, é um dos fatores. Segundo Adam: "A partir desta perspectiva, o que fez é esperançoso. Ao menos ele tem justiça. Acho que ele está surpreso com como ele se sente após Han Solo. Ele torce pela esperança. Ele espera clareza." Acredito que assim, como Rey e Finn, Kylo ainda não compreende seu propósito no meio disso tudo, fica ainda o questionamento, a incerteza e podemos perceber isso em outra declaração do ator: "Qualquer pessoa que se compromete com alguma coisa, em certo ponto da vida, meio que questiona constantemente por que você está nisso."

É comum comparar Kylo Ren a Darth Vader, inclusive, pela admiração que o vilão tem pelo seu avô. Então, durante uma entrevista ao The New York Times, o diretor falou mais a respeito dessa comparação e deu explicação sobre as diferenças: 
"Rey e Kylo são praticamente duas metades do nosso protagonista. Não é como se Kylo fosse o nosso Vader. Na trilogia original, Vader é o pai – ele é o único que você tem medo e de quem deseja a aprovação. Considerando que Kylo representa raiva e rebelião, aquele às vezes saudável – e às vezes não – desejo de se desconectar dos pais. É o meu tipo favorito de cara mal, porque você pode realmente ver qual é a sua fraqueza."
Essa declaração nos permite também tirar outra informação, o quanto Kylo tem essa necessidade de identificação e aprovação, o quanto procura um referencial, que em O Despertar da Força vimos ser o seu avô, Darth Vader, mas que em algum momento dos Últimos Jedi  ou até mesmo do próximo filme dessa trilogia possa surgir uma ruptura disso e uma busca de conexão com seus pais. Até porque não sabemos como ele reagirá quando descobrir que Snoke, é mesmo uma cobra - perdoa o trocadilho - que está apenas o usando para servir o seu próprio interesse. Deu para perceber um pouco disso no Episódio VIII, mas pode ser que não seja, ficou subentendido e talvez apenas estão querendo nos confundir e despistar. Fica aí o questionamento.

Uma coisa interessante é que o nome Ben foi uma homenagem ao Mestre Obi-Wan, que utilizava o nome Ben para preservar sua identidade, uma vez que vinha sendo perseguido pelo Império. A informação veio através de um card cuja a descrição é: "As divertidas discussões entre Han solo e Leia Organa foram típicas de uma excitante química que só cresceu com o passar dos anos. Eventualmente se casaram depois e deram o nome a seu filho de Ben, depois que o Mestre Jedi Obi-Wan ‘Ben’ Kenobi, cujas ações os juntaram pela primeira vez." Pena que ele não honrou o nome que lhe foi dado.

Adam declarou que seu personagem pode surpreender os fãs, quando questionado se os espectadores gostariam de Kylo em Os Últimos Jedi, ele disse: "Deus, eu espero que sim. Eu acho que será bem inesperado." É gente, a grande questão é de que forma vamos ser surpreendidos, essa declaração nos abre a várias possibilidades e nenhuma confirmada, só o filme dirá.

Poe Dameron

Oscar Isaac como Poe Dameron


Poe ainda é um personagem que não conhecemos exatamente bem, ele foi pouco explorado em O Despertar da Força, nos resta esperar que isso mude em Os Últimos Jedi, mas para saber um pouquinho mais do piloto, o site de Star Wars do Japão liberou descrições sobre os personagens, dentre eles, Poe: "Agora que o conflito entre Primeira Ordem e Resistência têm escalas de guerra, Poe está brilhando como um líder corajoso de um batalhão. Mas, enquanto é destemido e um piloto habilidoso, tanto a Primeira Ordem quanto a Resistência estão começando a temer sua determinação à guerra."

Devido a algumas declarações, podemos esperar que a relação de Poe e Leia seja algo bem próximo, segundo Oscar Isaac, Poe a vê como uma figura materna: "Acredito que Poe a vê de uma forma maternal. Obviamente, Leia é a general, mas do ponto que eu vejo, é como uma mãe tentando ajudar seu filho a viver nesse mundo complicado, e viver intensamente. Acho que existe esse elemento ao longo do filme." 

E para completar também disse: 
"Poe é, de certa maneira, um filho substituto para Leia. Mas também, eu acho que ela vê nele o potencial para ser um grande líder da resistência e além. O arco de Poe é um sobre a evolução de um soldado heroico para um líder experiente, enxergando além da mente fechada de vencer a batalha até a imagem maior da galáxia. Eu acho que Leia sabe que ela não estará ao redor para sempre e ela, com amor, quer empurrar Poe na direção de mais do que um piloto fodão, para trabalhar seus impulsos heroicos com sabedoria e clareza."
Talvez, esse seja um motivo pelo qual Poe irá encontrar dificuldades na Resistência, ao que parece a relação dele com Leia tem um vínculo forte, além de servir como figura materna, ela também é uma mentora para ele, tentando fazer com que ele possa aprender mais com sua sabedoria. Mas, o que isso teria a ver com o problema em ajudar na Resistência? Segundo o ator parte do motivo é a incompatibilidade com sua nova superior, Amilyn Holdo, pois há discordâncias entre eles, talvez seja difícil para Poe desapegar da ideia de ter outra pessoa como sua superior, além de Leia, como citado anteriormente tudo indica que Leia está treinando a vice-almirante para ficar em seu lugar. 

Na entrevista Isaac disse: "Bem, a única coisa que ele sabe foi tirada dele. Que é, vocês sabem, pegar sua X-Wing e ir para a luta. Então, ele se encontra numa situação que é muito frustrante, porque ele quer ajudar, mas não sabe como fazê-lo e, além disso, ele ganha uma nova chefe, interpretada pela maravilhosa e extraordinária Laura Dern... Há muito atrito porque existem coisas que ele quer fazer. O jeito que ele quer atacar. O modo como ele quer resistir não parece ser o jeito mais sábio, não para a vice-almirante Amilyn Holdo. Então, esse é o conflito básico dele. Como você pode juntar essas duas ideias para lutar e também sobreviver?" Além da incompatibilidade enttre os dois, Poe também não sabe de que forma ser útil no meio disso tudo. Talvez, ele não esteja acostumado com o estilo de liderança que Amilyn possui.

Nota da Pinguim: Mais personagem perdido no meio dessa guerra, mas o importante é que eles vão se descobrir e encontrar seu caminho, amém!

No entanto, Poe é, sim, muito importante para a Resistência, em uma entrevista ao Comicbook, Oscar afirmou que
"Não resta muitos deles. A Resistência está diminuindo, e ele é absolutamente alguém que não está em conflito sobre a sua fidelidade à Resistência até que ele se depara com essa situação, onde a única coisa que ele sabe fazer é tirado dele, que é atacar, e ele tem que lidar com essa nova estratégia. É aí que o todo começa a desmoronar-se por ele, porque ele não sabe o que fazer na situação, ele sabe que ele quer lutar, ele sabe que precisamos sobreviver, mas ele também precisa ser um bom soldado e entrar na linha e obedecer, e então há muitos conflitos lá." 
Já nos fica claro que o problema de Poe não é a sua fidelidade com a Resistência, mas, sim, a dificuldade em se adequar a liderança, com as divergências de opiniões quanto a como lidar com a Primeira Ordem e dificuldade em abrir mão de uma característica forte a sua, a de atacar.

Quando a dúvida sobre o relacionamento de Poe e Finn, o ator, John Boyega, afirmou: "Eu assisti o filme e posso confirmar que Os Últimos Jedi mostrará finalmente o que está acontecendo entre eles. Sério, vocês saberão, assim que estiverem vendo o filme." Ai, meu deus, o que será que deve ser? Extremamente curiosa dessa lado da tela.

Snoke

Andy Serkis como Snoke




Que essa nova trilogia de Star Wars está cheia de mistérios, nós sabemos, e uma delas é referente a identidade do líder da Primeira Ordem e mentor do vilão Kylo Ren, para nossa infelicidade e ansiedade a resposta quanto a sua origem vai demorar para chegar, uma vez que não será abordada em Os Últimos Jedi, vamos torcer para que no Episódio IX tenhamos essa resposta. Segundo o próprio diretor: 
"Vimos toda a história da ascensão de Palpatine ao poder nos prequels, mas nos filmes originais ele é exatamente o que precisa ser, que é apenas 'O Imperador'", revelou o diretor Rian Johnson. "Ele é uma força sombria: a coisa assustadora por trás da coisa. Foi exatamente assim que eu retratei Snoke. Eu não estava interessado em explicar de onde ele veio ou contar sua história, exceto o que serve nessa história." 
Pelo amor da Força, vocês tragam a origem dele em algum momento, em algum dos filmes. Alô, J. J. Abrams, quero isso no episódio IX, viu? Mas, há esperança, não é mesmo? E a prova disso é que o ator Andy Serkis afirmou que sabe qual a identidade do líder: "Eu sei quem Snoke é. Eu sei o que está acontecendo, mas eu tenho que guardar isso comigo porque você não quer estragar a surpresa para as pessoas." Podemos respirar um pouco mais aliviados.

No entanto, não estamos no escuro total, temos algumas informações sobre Snoke, uma delas é que o líder da Primeira Ordem não é um Lorde Sith, o próprio ator afirmou que "definitivamente ele não é um Sith, mas certamente é um caminho mais sombrio da Força e é muito mais cruel do que Palpatine."

Através da Novelização de O Despertar da Força, escrita por Adam Dean Foster, tivemos algumas outras informações a respeito de Snoke, sendo sua maioria quanto a seu aspecto físico, há um trecho que diz:
"Sentado em uma plataforma elevada que era o foco da câmara estava o holograma de cor azul do líder supremo Snoke. Alto e magro, ele era humanoide, mas não humano. O capuz do manto escuro que ele usava estava cobria a cabeça, deixando visível um rosto, rosa pálido tão envelhecido que beirava a translucidez. O nariz quebrado adicionava à assimetria do rosto danificado. Assim fazia a posição do olho esquerdo, que estava situado mais baixo do que o direito. Abaixo das sobrancelhas grisalhas, os olhos eram de um azul cobalto surpreendente. Antigos ferimentos e cicatrizes apareciam no queixo e testa, com uma mais recente e mais aparente."
Existe circulando por aí, várias teorias sobre a origem do vilão, mas a grande revelação de que Snoke não é humano, derruba várias delas. Snoke é humanoide e talvez essa informação seja bastante relevante, só saberemos quando sua origem e passado nos for exposta. Mas, guardem esse dado.

No entanto o trecho mais importante e que traz algo muito interessante é esse:
"Kylo Ren, eu assisti o Império Galáctico ascender, e depois cair. A conversa ingênua sobre o triunfo da verdade e da justiça, do individualismo e do livre arbítrio. Como se essas coisas fossem sólidas e reais, em vez de simples julgamento subjetivo. Os historiadores têm errado nisso. Não era nem má estratégia nem arrogância que derrubou o Império. Você sabe muito bem o que fez."
Isso já nos revela que Snoke é bastante velho, pois assistiu o Império Galático ascender e também revela que possivelmente ele possa ter estado envolvido nisso, talvez ele presenciou. O que nos diz que pelo menos desde o Episódio III ele já existia. Bem importante, não? Se tudo isso não aumentou tua curiosidade, não sei mais o que vai!

Quanto a sua aparência temos uma declaração do Andy, que fala a respeito da incapacidade física do vilão: "Ele tem essa osteoporose, então seu corpo é todo torcido defeituoso. Ele é incrivelmente detonado, há uma vulnerabilidade bizarra sobre ele. Por trás da vulnerabilidade, porém, há um ódio intenso." Por isso que Snoke é tão bizarro e assustador. E Serkis disse mais: 
"Ele é um personagem interessante. Ele é um predador, que explora as suas fraquezas. Ele é muito forte com a Força, é terrivelmente poderoso, mas ele é também um homem machucado. Ele sofreu feridas de verdade e metafóricas na vida. Sua natureza malévola é uma reação ao que aconteceu com ele, não uma natureza sua. Ele odeia a Resistência por causa de seu passado."
Essa óptica de que seu passado o possa ter tornado em quem é hoje, é incrível e eu adoraria ver sendo explorado. O que será que aconteceu entre ele e a Resistência para o mesmo desenvolver um tremendo ódio por ela? E quem será que o machucou tanto fisicamente quanto mentalmente? Gente, quanto mais a gente tenta desencavar as informações, mais dúuvidas surgem. Curiosidade e ansiedade já andam juntas. 

Sobre Snoke tem mais coisa, mas dessa vez sobre sua relação com Kylo: "Seu treinamento de Kylo Ren não está produzindo o que ele quer. Assim, sua raiva em relação a Kylo Ren se intensifica porque ele não tolera fraqueza nos outros. Parte da manipulação consiste em colocar Hux (Domhnall Gleeson) e Kylo Ren um contra o outro."

Nota da Pinguim: AAAAA, teremos muita rivalidade entre Hux e Kylo, já experimentamos um pouco dela em O Despertar da Força e foi pouco, manda mais. Já temos ai também um pouco da representação do quão manipulador, frio e cruel é Snoke, além de venenoso, né, ao incitar uma disputa entre ambos. Teremos luta? Esperamos que sim.

Personagens novos

Já é de praxe, surgir novos personagens nos filmes e trilogias de Star Wars e agradecemos por isso, em sua grande maioria eles são ricos em características e acrescem muito para esse universo incrível, que é Star Wars. Então, que tal conhecer um pouco dos que serão apresentados em Os Últimos Jedi?

Rose Tico

Kelly Mary Tran como Rose Tic

Sabemos o quanto informações sobre novos personagens são mantidos bem guardados pela LucasFilm, mas podemos coletar algumas coisas, através da linha de brinquedos da Hasbro, temos Rose Tico com um uniforme de mecânica da Resistência. E, também temos uma entrevista em que Kelly Mary Tran concedeu a EW: 
"Rose é inteligente, confiável e leal. Ela será uma personagem muito legal porque ela não é do tipo 'modelo'. Ela não é super-heroína. Ela é o tipo de gente que vemos no nosso cotidiano, e isso é algo muito especial sobre ela. Ela é capaz de encarar seus medos em frente à adversidade, mesmo que ela seja um tipo de 'jogadora de fundo' na Resistência."

Já foi divulgado também que Rose será parceira de Finn e irá o ajudar a se recuperar dos ferimentos causados pela luta com Kylo no final de O Despertar da Força. Ela é irmã de Paige, que vocês podem conhecer mais abaixo. Sim, Pinguim é meio má e não vai contar agora. Uma coisa que não poderemos ter certeza é se Rose continuará nos próximos filmes, quando perguntada sobre a atriz disse não saber e não temos informações a respeito disso. Então, esperemos. 

Quanto a imagem que ilustra esse tópico sobre a personagem, em que ela se encontra pilotando uma nave ao lado de Finn, a atriz trouxe uma contextualização:

"A jornada em que ela e Finn embarcam parece muito impossível. É possível deduzir que nesse momento ela está muito ciente dos perigos que eles estão prestes a enfrentar, mas ela também está, de maneira lógica, resolvendo os problemas em sua mente durante a trajetória."

O que podemos perceber é que essa missão é aquela em que Finn se infiltra na Primeira Ordem, estaria Rose também se infiltrando ou seria ela apenas uma auxiliar? Já temos uma resposta para isso, mais uma vez, através de um brinquedo da Hasbro, pois temos uma figure da personagem com disfarce utilizando um uniforme da Primeira Ordem.

A atriz disse mais sobre sua personagem: "Uma coisa que eu gosto muito em Rose é que ela, de certo modo, está sempre em uma missão. Ela é uma pessoa muito prática, muito pragmática. Ela sabe exatamente, provavelmente, quantas coisas podem dar errado em uma situação." Então, teremos mais dela em ação? Pinguim espera muito que sim!

Se você quer ver algumas imagens, pode conferir esse vídeo dos bastidores, em que a atriz Kelly Mary Tran fala um pouco mais sobre Os Últimos Jedi e as filmagens:



Como aparecem nas imagens rápidas do vídeo podemos ver de relance Rose com uniforme da Primeira Ordem. Ansiosíssima para conhecer mais essa personagem.

Almirante Amilyn Holdo

Laura Dern

Segundo a atriz Laura Dern, a vice-almirante Amilyn Holdo estará na liderança da Resistência, ao menos temporariamente, mas como sabemos que Carrie não estará mais presente em Star Wars devido ao seu falecimento e sendo sua personagem General Leia, a atual líder, logo podemos concluir que de alguma forma isso possa ser permanente. Já sabemos também que terá um grande atrito entre a vice-almirante e o piloto Poe, segundo Laura para o piloto ela não se parece como uma líder militar típica e isso acaba gerando desconfiança nele. Em entrevista a EW, a atriz disse que Holdo "entrou na Resistência para chacoalhar um pouco as coisas. Você tem meio que adivinhar de que lado estará e qual será seus sentimentos sobre ela." Interessante, então quer dizer que ela será bem misteriosa.

É importante citar que a personagem de Dern já foi citada no romance Leia: Princess of Alderaan, escrito por Claudia Gray, no livro a personagem em um dialogo com Leia sobre relacionamento com outras espécies diz ser limitador se envolver apenas com homens ou machos humanoides. Não se sabe se a sexualidade de Amilyn vai ser abordada no longa, mas seria interessante, além de muito importante uma representatividade de sexualidade fora dos padrões heteronormativos. No livro também sabemos que ela estudou legislação com Leia e foi por meio disso que ficaram amigas, que Holdo é do planeta Galanta e é considerada uma personagem excêntrica. Se no filme ela for também, não vou ficar triste, viu?

Quanto aos problemas que haverão nas pessoas ao enxergar ela como líder, ela diz:
"Como se o fato de ela ter um certo visual a impedisse de realizar um trabalho ou ela deve ser descarada. Sabe, todos os tipos de coisa que rotulamos as pessoas. Quer dizer, há algumas razões para que eu seja do jeito que sou."
Declarando, assim, que a personagem foge de estereótipos de mulher-chefe, como se tivesse que se portar de um jeito para poder ser líder, enquanto ela tem um visual diferente e uma outra postura diante das coisas. Esperamos que seja assim mesmo porque confesso seria incrível de ver.

Como podem perceber não temos muitas informações da personagem e isso, claramente, tem um motivo, que foi explicado pelo diretor Rian: "O segredo tem um propósito, em que parte da diversão com a personagem de Laura, Almirante Holdo, é adivinhar qual o seu relacionamento com todo mundo conforme você avança pelo filme."
DJ

Benicio Del Toro como DJ


DJ é como o personagem é chamado, esse não é nome real dele, é apenas uma forma de ocultar sua identidade. Segundo o diretor, saberemos a razão pela qual o chamam assim. Misterioso, não se tem muita informação a respeito dele.  Mas, o site da EW, divulgou e descreveu DJ como uma figura enigmática, cujas roupas esfarrapadas e atitude despreocupada escondem uma mente afiada e habilidades especiais. Outro detalhe que já veio a público é que o personagem irá fazer parte da missão de Finn e Rose, os levando para Canto Bight, o planeta cassino. John Boyega (Finn) revelou a EW um pouco mais a respeito de DJ:
"Precisávamos de alguém para quebrar códigos e ele é o melhor da galáxia. Infelizmente, ele também é bem desonesto e só se preocupa com seu ganho financeiro. Ele não luta por nenhum lado. Ele tem opiniões distintas. A Resistência ataca a Primeira Ordem um dia, a Primeira Ordem ataca a Resistência no outro. É uma guerra em curso que nunca terminará. Ele está apenas tentando se beneficiar com isso, o que não faz dele alguém que você quer confiar."
Claramente precisavam dele para, talvez, conseguir entrar infiltrados na Primeira Ordem. O ator Benicio Del Toro, também fez algumas declarações a respeito do seu personagem, segundo ele: "Talvez você pudesse encontrar DJ em uma música de Bob Dyan ou de Tom Waits. Ou num romance de Dostoiévski. Você encontraria DJ numa história dessas. Você não sabe o que ele é. Mas a ideia é essa…você não saber se ele é bom ou ruim." E disse mais: "Ele é como uma faca: se você o agarra-lo pela lâmina, ele vai te cortar. Se você o pega pelo punho, ele pode ser muito, muito útil."


Em uma entrevista realizada pela própria Disney com o ator, tivemos duas perguntas das quais as respostas são bastante relevantes quanto a personalidade de DJ:

Disney: DJ, o seu personagem, é uma figura que está entre o bem e o mal, não? 
Benicio: Ele é cínico. Ele acredita que mocinhos e vilões são todos iguais e ele também é um aproveitador. Ele se beneficia da eterna guerra entre o bem e o mal. É um oportunista. Porém, ele pode ajudá-lo a sair de uma enrascada ou pode colocá-lo em uma. Nós o enxergamos nessa linha entre o bem e o mal. Não tenho certeza, mas creio que ele é um mercenário na verdade. 
Disney: Ele tenta, de alguma maneira, entrar na cabeça de Finn? 
Benicio: O mantra do DJ é ‘não se envolva e seja livre’. Então, essa é basicamente sua atitude e ele tenta mostrar ao Finn que mesmo os bons se “sujam” às vezes e que até os melhores se corrompem. Ele é como um pequeno diabinho no ombro de Finn, que basicamente está tentando fazê-lo enxergar uma realidade diferente ou um novo jeito de encarar essa realidade e continuar vivendo ‘livre’ na galáxia.
Se vocês, assim como a Pinguim, ficaram curiosos para saber mais da história do personagem, podem ficar empolgados, pois será lançado em Janeiro de 2018, uma HQ denominada Star Wars: The Last Jedi - DJ, que irá mostrar como o personagem acabou entrando no caminho da Resistência. Então, podemos esperar que nem tudo sobre ele será revelado no filme. Estou no aguardo do quadrinho.


Membros da resistência: Alguns personagens novos tiveram pouquíssimas informações reveladas, então a Pinguim achou melhor agrupá-los nesse tópico, certo?

Paige Tico (Veronica Ngo): Irmã da Rose, ela é uma artilheira da Resistência, ao que parece ela terá um papel menor, não irá ter tanto destaque quanto a irmã, mas que trará impacto sobre ela, uma vez que serve como um modelo para a mesma. Paige foi vista em uma batalha ao lado de Poe. Por meio do jogo de cartas Top Trumps, tivemos uma descrição da personagem: "Artilheira do Esquadrão Cobalto, Paige tem nervos de aço necessários para acertar os canhões de defesa e os inimigos que a enfrentam seus bombardeios fortes."

Vale lembrar que dia 15 de Dezembro será publicado o livro Star Wars: Os Último Jedi - Esquadrão Cobalto. Que trará entre seus personagens a história das irmãs Tico.

Nix: Não possui interprete revelado. Se sabe apenas que irá pilotar um dos bombardeiros da Resistência, pois é um especialista no assunto. Segundo o jogo de cartas Top Trumps, descreve a personagem: "Nas entranhas do apertado bombardeiro da Resistência, Nix se posiciona perto do gatilho de liberação de bombas pronto para atingir os alvos da Primeira Ordem."

Tallie (Hermione Corfield): é conhecida como piloto de um A-Wing. Conforme o jogo de cartas Top Trumps a personagem é descrita como: "Habilidosa piloto de A-Wing da Resistência, Tallie precisa escoltar os bombardeiros para manter as naves inimigas longe até que estejam em posição para liberar os explosivos."

Cameos: Star Wars tem aquela tradição de colocar famosos disfarçados nos filmes. Em Os Últimos Jedi, teremos a participação dos Princípes Harry e William, Tom Hardy e Garry Berlow - conhecido por participar na boyband Take That - interpretando Stormtroopers, em uma cena em que escoltaram Finn em um elevador. Não sabemos se essa cena estará de fato no filme ou se será cortada. 

Outro que fará Cameo é Joseph Gordon-Levitt, a notícia veio do próprio diretor em um painel no Japão, ele disse: "O meu bom amigo, o ator Joseph Gordon-Levitt, que participou num filme que fiz chamado Looper, tem um cameo como a voz de um alien no filme. É algo muito breve, mas é divertido, e se vires o filme, talvez sejas capaz de perceber quem é no filme".

Novas espécies

Outra coisa que é bem comum acontecer nos filmes de Star Wars é trazer novas espécies e criatura, geralmente um mais fofo que o outro. Não poderia deixar de faltar novas criaturinhas em Os Últimos Jedi, pois essa galáxia tão tão distante é cheia de diversidade.

Porgs


Desde que apareceram pela primeira vez, os Porgs tem arrancado vários awns, são criaturas extremamente fofinhas, mas não é todo mundo que acha não, John Boyega disse que tem uma relação de amor e ódio com os bichinhos, segundo ele: 
"Eu lembro de estar fazendo minhas coisas e ver muitos Porgs ao redor. E eles são interessantes, mas pessoalmente, eu tenho uma relação de amor e ódio com eles. Eles são muito, muito fofos, mas quando você coloca muitos deles em um lugar, em buracos na Millennium Falcon, aí é quando eles começam a ficar realmente estranhos. Eles têm olhos bem grandes, todos juntos. Tinha vários pequenos e até uns grandes que ficavam lá… e parecia com uma erupção."
Os Porgs são espécies que habitam o planeta Ahch-To, o lugar para onde Luke se exilou, sobre sua anatomia a SFX Magazine liberou em seu twitter um infográfico explicando o porque de sua fisionomia ser tão fofa:




Tradução: 
  • A boca em formato de beijo e meio triste de Nien Numb.
  • Os olhos pretos e pedintes do Gato de Botas.
  • Os braços peludos e esquisitos de Orville.
  • Os dois tons de cores de Gizmo.
  • A grande barriga macia de Totoro.
  • E as pernas de Garibaldo.

Os Porgs habitam as falésias de Ahch-To, onde voam e fazem seus ninho, os filhotinhos de Porgs são chamados de Porglets. Não basta ser muito fofinho, tem que ter cria com nomes ainda mais awn. Em entrevista ao Starwars.com, Pablp Hidalgo da LucasFilm Story Group revelou que os Porgs são criaturas amigáveis e curiosas demais. Além disso, Rian Johnson, o diretor, disse que eles não vão ter tanto destaque na trama, infelizmente: "Em termos narrativos – não que eles tenham um grande papel na trama – eu sei que queria encontrar alguma fonte de alívio cômico, então eles foram bem úteis no que diz respeito a isso."

Porgs são aves marinhas, sua coloração varia e seu tamanho também, uma vez que os machos costumam ser maiores que as fêmeas, eles voam por curtas distâncias e são inquisitivos. Todos esses detalhes do foram dados pelo diretor em sua conta no Twitter.

As criaturas fofinhas que já amamos, os Porgs, foram inspirados em animais da vida real, o diretor e escritor de Os Últimos Jedi revelou de onde tirou inspiração para criar eles, ela veio em uma visita a ilha que foram realizadas para filmar o exílio do Luke, a ilha se encontra na Austrália e se chama Ilha de Skellig Michael, que é um santuário de pássaros e um patrimônio da UNESCO. O diretor disse:
“Se você for a Skellig no momento certo do ano, a ilha está coberta de papagaios-do-mar, e eles são as coisas mais adoráveis do mundo. Então quando eu estava lá explorando, vi esses animais, e eu pensei, oh, eles fazem parte da ilha. E então os Porgs estão dentro desse reino.”
 Os Papagaios-do-mar pertencem ao Gênero Fratercula.
Uma curiosidade: O porg que aparece ao lado do Chewie apresenta alguns traço Wookiee, podemos perceber isso pela sua coloração, seu esquema de cores é bem parecido com o do Chewbacca.

Uma coisa muito tensa é que no livro Star Wars Made Easy, lançado recentemente, do escritor Christian Blauvelt, um livro para que você conheça mais sobre a galáxia e o universo de Star Wars. Enfim, no livro há um detalhe um tanto quanto preocupante, um trecho do livro diz:
"Os Porgs, pequenos pássaros, são os habitantes mais adoráveis da ilha. Fofos? Definitivamente. Deliciosos? Talvez..."
Nota da Pinguim: Como assim comer porgs, gente. Não gostei, não!

A pergunta que fica é será que Luke se alimenta dos nossos bichinhos fofos? Felizmente, não! No Twitter o ator Mark Hamill trouxe essa resposta satisfatória afirmando que Porgs não estão em nenhum menu de Ahch-To e que Luke não come carne desde a tia Beru fazia aquele saboroso brisket de rato womp na nossa antiga casa. Ufa! por enquanto né, pois isso não livra outras espécies de comer eles, vamos ter que esperar por mais informações para saber.

Os Porgs são parcialmente relacionados a outra espécie são as Caretakers, criaturas conscientes que também habitam a ilha em Ahch-To. O diretor da Creature Workshop de Star Wars: Os Últimos Jedi, Neal Scanlan revelou algo bem relevante sobre isso: "Com Ahch-To, parece que as únicas criaturas a habitá-la seriam aquelas que fossem naturais dela, onde poucas outras espécies e DNA teriam os alcançado. Então eles são uma extrapolação dos porgs e têm pés de aves, mas são uma espécie mais desenvolvida." 

Não sei vocês, mas tô ansiosa para ver e me apaixonar ainda mais pelos Porgs.

Vulptex


Parecem fofinhas também, vocês não acham? 

Uma das espécies que mais o pessoal da LucasFilm/Disney tem mantido segredo, temos pouquíssimas informações a respeito das criaturas chamadas Vulptex - conhecidas também como raposas de gelos - e que um bando delas tem por denominação Vulptices. 

Sobre a origem das raposas de cristal, sabemos que nem sempre elas tiveram a pele cristalizada, o que indica uma possível evolução da espécie. Segundo Neal Scanlan: 
"A teoria é que elas se alimentaram desse planeta por tanto tempo que sua pelagem se tornou cristalina. Eles absorveram a mesma superfície do planeta em que vivem."
É basicamente tudo o que sabemos sobre elas, além, é claro, de onde é que elas moram, como dito pelo Scanlan: "Eles moram dentro das tocas e dentro dos túneis sob o planeta. Então, há um momento em que a habilidade de brilhar na escuridão deve fornecer uma luz guia para nossos heróis." 

No entanto, quanto a produção das Vulptex temos algumas coisas interessantes, como, por exemplo, o chefe do departamento de criação das criaturas, revelou que os designers se inspiraram em lustres de cristal e em elementos de refração. Outra curiosidade é que Scanlan contou como eles fizeram para fazer as raposas de cristal: "Nós tinhamos um pequeno cachorro e nós construímos um pequeno traje para ele com palhetas claras. Foi incrível vê-lo correr. Poderia correr e pular, e tinha esse maravilhoso tipo de movimento. Tinha um ótimo som, também, porque todas as pequenas palhas se moviam e flexionavam com o animal."

Tenho certeza que estamos todos querendo muito saber mais das Vulptices. E, falta pouco, adeptos da força. 

Caretakers


Caretakers são uma espécie alienigena que ajuda a cuidar Luke a cuidar do Templo Jedi. O diretor Rian Johnson contou em entrevista que elas estão há milhares de anos excercendo as palavras da Força e que apenas "toleram" a presença de Luke. As "zeladoras da Força" comunicam-se por murmúrios em seu dialeto próprio.
"Esses aliens que lembram peixes e pássaros moram na ilha. Eles estão lá a milhares de anos e essencialmente mantém a estrutura do lugar", contou Johnson. "São todas fêmeas e eu queria que parecessem mais ou menos com um convento de freiras. A equipe de Neal Scalan as criou e o figurinista Michael Kaplan fez essas roupas de trabalho que refletem essa existência meio espartana, meio de freira."
O diretor disse mais: "Você tem a impressão que em algum momento ou talvez elas retornem para o mar, mas quando as vemos, elas são criaturas da terra. Elas são criaturas matronas, mas elas têm esses pés pequenos e magros de pássaros. Elas são realmente divertidas de se trabalhar no set." 

Uma coisa interessante a já abordada nos tópicos acima é a evolução das Caretakers, segundo o próprio diretor elas são uma extrapolação dos Porgs, portanto, possuem uma certa ligação. Mas as zeladoras da Força são seres mais "inteligentes."

Fathiers


Nunca vou entender a capacidade de explorar os bichos ):



Uma das criaturas mais misteriosas dessas já citadas, mas olha que as Vulptices quase alcançam, quase não se encontra nada a respeito das Fathiers. Sabemos que elas são do Planeta Cassino: Canto Bight e que segundo Scanlan em uma entrevista a Empire disse um pouco sobre elas: 
"Fathiers tem o poder e a qualidade majestosa que alguém encontraria em um leão, mas também a beleza e a elegância de um cavalo. Eles são criaturas de corrida, as pessoas apostam neles, e eles passam por um tratamento cruel por isso."
Essas criaturas vão ser encontradas por Finn e Rose quando eles vão a Canto Bight para a Resistência, esse lugar tem uma própria pista de corrida em que os Fathiers certamente fazem as corridas. É provável que os Fathiers sejam uma forma deles escaparem de Canto Bight.

Nota da Pinguim: Coitadinho deles, espero que, de certa, forma os personagens deem um jeito de libertar eles, salvar ou coisa do tipo, por favor. Seria interessante trazer de alguma forma, mesmo que brevemente alguma crítica a exploração animal.


Enfim, considerando o quanto a LucasFilm gosta de deixar o mistério no ar e guardar bem os segredos até o último, tivemos bastante informações até que cumpriram bem seu papel de atiçar mais nossa curiosidade, que bem em breve será saciada. Fiquem de olho que terá mais posts e matérias para o Especial Star Wars. Spoilerzinho: o próximo vai ser nesse estilo só que falando das naves, droids e lugares novos que irão aparecer no filme. 

Tagarelem comigo, quais as teorias de vocês? O que vocês mais estão ansiosos para presenciar na telona? Gostaram desse estilo de post? Qual informação acharam mais interessante?

Enfim, acompanha a Pinguim Tagarela nas redes sociais para ficar ainda mais por dentro da Galáxia:


Até a próxima tagarelice e lembrem-se que a os Porgs estejam com vocês!


Veja Também

0 Tagarelices

comentário(s) pelo facebook: