Site Loader
Capitu traiu mesmo Bentinho?

“Dom casmurro” é um livro que todo mundo se não leu, já ouviu falar, certo? É uma literatura clássica e eu entendo o porquê de ser considerada como tal (ao longo desse post, você também saberá).

Durante a leitura vemos surgir as suspeitas de Bentinho sobre a fidelidade de Capitu, que começam a se tornar certezas. E, durante um período de tempo acreditou-se que houve, sim, uma traição por parte de Capitu, isso porque durante toda a história vemos a visão de Bentinho, apenas, pois é ele que está contando sua história. É através da visão do protagonista que passamos a conhecer Capitu, vemos, ao ler, o que Capitu representa para ele, quais seus pensamentos e sentimentos; e o principal, vemos predominantemente a visão que ele tem dela, que podem também ser expectativas ou projeções. Como vamos saber?
É fácil ser conduzido a acreditar nas coisas, enquanto se lê, quando quem nos conta é o narrador, devido a isso que muitos não questionaram a narrativa de Bentinho ou consideraram que esta pode não ser confiável. Porém, em meados dos anos 60, começaram a perceber que o ponto de vista de Capitu não vinha sendo ponderado e assim passou-se então a discutir se existiu mesmo ou não a traição. Acredito que isso não foi só algo interessante como essencial, pois talvez essa tenha sido a intenção do Machado, nos gerar a dúvida, nos fazer pensar se o discurso do protagonista é mesmo confiável, uma evidência disso é que ficou em aberto essa questão, em nenhum momento o Machado afirmou que a traição aconteceu mesmo de fato, quem fez isso foi o Bentinho. E, algo é muito certo, não temos o outro lado dos fatos pela Capitu. Logo, isso nos ensina algo também, a nunca considerar como definitivo e certo algo sem conhecer e ponderar o outro lado da história de cada um dos envolvidos.
Na minha concepção – a pinguim que vos escreve – não houve a traição, pois Bentinho se apresenta durante a leitura como paranoico e o seu ciúmes é demasiado excessivo, o que pode o fazer enxergar coisas onde não tem, como por exemplo as semelhanças entre Escobar e Ezequiel (que seria seu filho). Outra coisa que me faz acreditar nisso é que as provas, justificativas que o Bentinho tem para acreditar na traição, não são concretas, muitas vezes é bem fácil enfraquecê-las e por isso parece ainda mais que é coisa da cabeça dele. E, além do mais quando ele descreve os olhares de Sancha para ele, que pareciam quentes e intimativos; ele nos conta que teve que combater “sinceramente os impulsos que trazia do Flamengo; rejeitei a figura da mulher do meu amigo, e chamei-me desleal.” Então, será que a sua paranoia em ser traído não seria medo que Capitu tivesse os mesmos impulsos que ele teve? Realmente, a pinguim considera muito isso.
Mas enfim, Dom Casmurro é um clássico por apresentar essa genialidade em nos instigar a olhar minuciosamente para a história, a analisar bem os fatos e considerar todos os pontos antes de concluir algo. Dom Casmurro é um clássico por ter muito a nos acrescentar, por nos permitir discutir e apresentar argumentos;  por nos dar uma personagem tão incrível quanto é Capitu (como não amar ela?). E, o principal por nos mostrar que precisamos interpretar o que estamos lendo e que livros tem o papel de nos fazer refletir, de nos ensinar. Por isso, que Dom Casmurro ganhou um lugarzinho como um dos livros preferidos da pinguim!

Acompanhe a Pinguim Tagarela nas redes sociais: 

FacebookInstagramTwitter
Então, o que você achou do texto? Acha que Capitu traiu ou não Bentinho? Me conta!
Até a próxima tagarelice, galera!

Diovana Vargas

55 Replies to “Dom Casmurro | Capitu traiu mesmo Bentinho?”

  1. Também acredito que ela não traiu. Bentinho não passava de um namorado ciumento/possessivo que enxerga coisa onde não tem! Adorei o texto e ainda mais essa reflexão: "Então, será que a sua paranoia em ser traído não seria medo que Capitu tivesse os mesmos impulsos que ele teve? ". Dom Camurro é um livro que nos faz refletir muito, para mim traz bastantes reflexões sobre relacionamentos.

    Adorei seu blog <3

    Beijocas.
    https://powergirl.com.br/

  2. Awnn <3

    Sim, comigo também, durante a leitura só fui tendo cada vez mais certeza de que ele tava paranoico. Não consegui gostar dele de jeito nenhum. Concordo com tudo o que você trouxe no comentário!

    Que demais, bate aqui o/
    Beijosss :*

  3. Adorei sua análise, e concordo muito com ela. ❤
    É interessante que em momento algum durante a minha leitura pensei que ela o tivesse traído. Só consegui enxergar um homem com problemas psicológicos e uma obsessão pela própria mulher. Ele me irritou profundamente, pois não tinha prova alguma de traição e fez o que fez. Sem contar que ele tinha pensamentos errados, como você mesma citou, e (talvez) por isso pensava que Capitu teria também. O que é um absurdo. '-'
    Esse livro não entrou na minha lista de favoritos, mas eu gosto muito dele. E foi o que você falou: nos faz perceber que nunca devemos julgar algo sem conhecer os dois lados da história.
    Resumindo: não houve traição! hehe

    Beijos! :*

  4. Existe essa chance de ela ter traído, mas em nenhum momento na leitura eu vi fatos concretos, por isso acredito que ela não traiu.

    Obrigada por compartilhar seu ponto de vista, gosto muito disso!
    Beijooss <3

  5. AEEEEE, adorei isso, é super demais saber que descrevi o que você pensou <3 Acho incrível e tô super felizzz

    Exatamente isso, acho muito difícil confiar nele por esse motivo. E o pior de tudo é para quem não traiu, sabe, saber que a pessoa que tu ama acha que tu fez algo que tu não fez e não muda de ideia a respeito. Me deixa meio ):

    Beijosss

  6. Olá, Deise, tudo e com você?
    ahahah, sempre tem polêmicas em aula né? Acho mega interessante esses debates, pois nos leva a ponderar ambos os lados e as opiniões das outras pessoas. Realmente, a magia todo está no que o autor fez, que é nos fazer questionar, conversar a respeito do livro mesmo tendo sido escrito há tanto tempo, o assunto se torna atual. Muito genial, né?

    Virei fã da obra e quero ler mais coisas sobre ele.
    Nossa, muito obrigada, viu? Isso me deixa extremamente contente e me motiva a trazer mais assuntos assim <3

    Beijoss, volte sempre!

  7. Oie, tudo e com você?
    Simm, eu li esse ano pelo mesmo motivo, prestar o vestibular hahah
    Comigo também, adorei a história de cara!
    É demais saber que compartilhamos da mesma opinião, reforça o que acreditamos ahhah <3

    Muito obrigada, é incrível saber que você gostou 😉
    Beijosss

  8. É de se desconfiar quando a história só mostra um lado, né? Eu fui durante a leitura pegando várias coisas que me deixavam cada vez com mais certeza de que ela não traiu.

    Muito obrigada, gostei muito de saber o que você pensa a respeito.
    Beijosssss

  9. Eu tô pensando em ler mais uma vez mais pra frente pra confirmar mais o que eu penso sobre. Tenho quase que a convicção de que ela não traiu mesmo. É bom saber que você leu duas vezes e pensa o mesmo!

    Beijosss

  10. É um livro que muitas pessoas leram durante a escola, esse é o ruim da escola obrigar a ler, acaba que a gente perde o interesse. Leitura foi feita pra gente ler o que nos interessa , né?

    Que ótimo que você conseguiu se encontrar na leitura, gostei de saber da sua experiência.

    Beijos

  11. Eu também compartilho da opinião que Capítu na verdade não taiu Bentinho e sim a paranóia criada pela sua mente que fez ele acreditar nesse fato.
    Faz bastante tempo que eu lu essa livro e por isso esqueci de muitos fatos, mas esses que você ressaltou me faz acreditar ainda mais na inocência de Capítu.

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

  12. Você simplesmente passou para palavras o que ficou na minha cabeça depois que finalizei a leitura de Dom Casmurro. Realmente ponderei se ela tinha mesmo traído, mas eu acho que não. É como se estivessemos lendo um diário e o personagem que conta a história é realmente muito paranoico e ciumento, o que faz com que ele não seja confiável. Imagina passar a vida toda achando que alguém te traiu e essa pessoa lhe foi fiel sempre? Deprimente. Talvez seja por isso que a leitura não me agradou tanto.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

  13. Olá Diovana, tudo bem?
    Então, ler sobre esse assunto, me lembra as polêmicas na sala de aula haha. Minha professora sempre instigava esse questionamento e eu sempre tive firme a opinião de que ela não o traiu! O autor é tão bom, que ele fez o enredo colocar dúvidas em certos leitores, o que realmente traz essa mágica à história!

    Eu concordo plenamente com você, ela não traiu haha. Mas deixando aqui um grande elogio à obra, eu amo esse livro, é mesmo um verdadeiro clássico! Machado de Assis definitivamente sabia o que estava fazendo!
    Beijos, amei a análise, e achei interessante alguém trazer isso para um blog! Você foi bem detalhista e argumentou bem 🙂 obrigada haha

    http://www.senhoritadeise.com

  14. Oie, tudo bem? Nossa, senti ma nostalgia agora… Esse livro foi um dos que eu li para prestar vestibular, foi amor a primeira vista <3 Tenho ele em casa de tanto que gostei de ler. Acredito que não houve traição foi somente excesso de ciúme e paranoia haha O post ficou incrível. Beijos, Érika ^-^

  15. Quando li,também fiquei em dúvida se ela tinha traído ou não, Porque uma história contada apenas por um lado deixa a gente meio confuso,mas no fundo eu sabia que ela não tinha traído. Parabéns pela resenha. Sucesso.

  16. Na escola sempre comentam sobre este livro né?
    Mas nunca me senti tentada a ler sobre este livro, essas temáticas que nos "obrigam" a ler na escola nunca me interessou. Por isso acho que nunca tive amor pela leitura, até que descobri o que eu realmente gostava.
    Memórias de uma Guerreira

  17. A melhor coisa a se fazer nesse caso é ler para se tirar as próprias conclusões, o livro não nos deixa outra opção hahahahah

    Muito obrigada, espero que goste do livro e quando voltar, me conta qual foi o seu ponto de vista <3

    Beijos!

  18. Muito obrigada,
    sim, a gente é bastante guiado pelo ponto de vista do personagem, acho esse livro perfeito para nos mostrar que devemos analisar os fatos antes de tomar uma conclusão.

    Faça isso, vale muito a pena, quero reler ele mais pra frente também <3
    Beijos

  19. Se tornou o meu também, exatamente pela genialidade. Eu já não confiei nele de primeira, ele tem um ciumes doentio desde sempre com ela e por isso eu acho que ele viu coisa onde não tinha e ela não traiu.

    Simmm, é tão incrível o que o autor conseguiu fazer, a gente fica pensando e debatendo opiniões, mas nunca saberemos ao certo qual é verdadeira.

    Acredito na mesma coisa que você, livros servem para acrescentar algo na nossa vida e conversar sobre ele, discutir, debater é algo que cabe muito bem em praticamente todas as histórias.

    Beijos <3

  20. Eu acho que ela não traiu ele, mas podia ter traído pra ele deixar de ser panaca haha. Gostei bastante de Dom Casmurro quando li, há uns dois anos. Ótimo texto!

  21. Eu amo também pelo mesmo motivo, tão bom coisas que mesmo depois de terminar ainda ficam com a gente. Essas dúvidas foram muito bem implantadas, Machado me ganhou como autor <3
    Muito obrigada, fico sempre bem felizinha hahah
    É uma forma interessante de escolher, gostei!

    Beijos

  22. Miga, mais coisa em comum <3
    Exatamente, acho até que ele fez isso com o propósito de nos fazer ficar discutindo por anos hahahaah. O livro deixa muito na dúvida, mas pelo ciumes doentio e por ele não ser tão confiável como narrador prefiro acreditar na Capitu <3

    Beijoss

  23. Espero que você descubra ele como um clássico também (é meio pessoal) hahah. Eu não imaginava que era tão bom, me surpreendi ao ler. Awnn, que coisa boa de se ouvir. Não dá pra ficar na curiosidade né? haahaha

    Obrigadinha <3
    Beijos.

  24. Simm, o próprio Bentinho se apresenta como não confiável hahaha.
    Sempre tem quem ache que sim, mas isso que faz o livro genial ter essas opiniões diferentes e nos encher de dúvidas <3

    Muito obrigada <3
    Beijos.

  25. Concordo com tudo o que você disse, eu tenho tido contato com a literatura clássica esse ano, tô gostando de conhecer, curto intercalar gêneros. Sei como é, tenho uns livros que quero reler no futuro pra ter outras percepções.

    Muito obrigada,
    beijos.

  26. Olá! Amo tanto esse livro que fiquei muito felizes de ver alguém falando sobre ele <3
    Eu acho realmente que não importa se Capitu traiu ou não, o relevante é o que Bentinho acredita e dessa crença sobram consequências para a vida de todos os personagens… e não é assim na vida real? … Machado era um gênio.
    Beijos!
    Gatita&Cia.

  27. Tem muito tempo que eu li Dom Casmurro, e não lembro muito detalhadamente da história, mas adorei sua abordagem. Sempre que uma história é contada do ponto de vista de apenas um personagem, às vezes tendemos a ver e crer apenas na sua versão dos fatos. E, o interesse dos livros é justamente isso, nos fazer pensar além do que as palavras escritas estão dizendo.
    Seu post deu vontade de reler o livro, vou colocá-lo na minha lista de releitura!
    Ótima análise!
    xoxo

  28. Um dos melhores livros!! Mas eu sinceramente não sei o que pensar. Quando li a primeira vez, estava certa que ela não o traiu, pelos mesmos pontos citados por você, especialmente pelo ciúme que ele tinha dele e que obviamente o levariam a persuadir o leitor para a traição. Porém em leituras mais recentes, também cheguei a pensar que seria possível sim que ela o tivesse feito. De toda forma, é uma ? que paira no ar, o torna o livro o sucesso que é!

  29. Dom Casmurro é um dos meus livros favoritos da língua portuguesa, acho simplesmente genial, e desde a primeira vez que li achei o Bentinho completamente louco e obcecado, pra mim ela não traiu e ponto final, o homem tava dominado por um ciúme doentio e opressivo, claramente. Além disso ele dá várias outras dicas ao longo do livro sobre sua completa instabilidade mental, mas a genialidade da coisa está justamente em poder pensar, refletir, opinar, mas nunca saber.
    Tenho uma amiga que uma vez brigou comigo falando que a gente não pode ter esse tipo de conversa e opinião porque "não cabe" na história, mas eu sempre achei que livros servem é pra isso, pra gente poder ter nossa opinião e depois discuti-la, como você fez no post e nós estamos aqui contribuindo nos comentários, né!

    http://sweetluly.expressorosa.com/

  30. Eu amo essa história justamente por essas dúvidas que o Machado nos coloca na cabeça. Você termina a leitura, mas não termina o pensamento. Interpretar é um dom e cada um tem sua maneira de fazer isso. Eu adorei a forma como abordou sobre a história, nos faz pensar no assunto ♥ Quanto a traição, prefiro ficar sem entender mesmo, porque mudo de opinião o tempo inteiro.

  31. amo amo amo dom casmurro! concordo que machado quis nos deixar essa dúvida, parece que pensou que iriamos ficar anos discutindo isso haha tenho minhas duvidas, sabe? apesar de acreditar nisso do ciumes, sempre fico pensando, sei lá, haha mas prefiro acreditar que nao teve

  32. Dom é um clássico isso vou ter que descobrir rsrs já ouvi mto falaras nunca li , apesar de ter ouvido ao comentários positivos a respeito , depois da sua matéria vou ler fiquei com mais vontade ainda é não vou ficar nessa curiosidade rsrs .

  33. eu também acho que a Capitui não traiu o Bentinho! sei lá, o cara vive ~viajando na maionese~ durante o livro haha o.O

    mas eu ainda tenho uns amigos que trazem zilhões de argumentos contra :p

    adorei o post ❤️ beijos.

  34. Dom Casmurro é um clássico, é atemporal. Gostei muito da sua interpretação, ultimamente tendo lido livros de jovens escritores ou que estão lançando seus primeiros livros, mas penso em breve retomar a literatura clássica. Quando eu li, eu era muito nova, hoje acho que minha percepção será diferente. Parabéns pelo post! bjs
    http://www.pilateandosonhos.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *