Site Loader

Pó de lua é um livro escrito pela Clarice Freire, contém 183 páginas. Tudo começou através de um blog e também de uma página no facebook, onde segundo Clarice era um lugar para escrever desenhado. O livro é dividido nas quatro fases da lua, em cada uma delas há coletâneas de poesias. Diria, que são poesias modernas, pois ao mesmo que tempo que são profundas e reflexivas, também são dinâmicas e divertidas. Clarice brinca com as palavras, joga com elas e faz essa brincadeira de palavras dar sentido e integrar a mensagem da poesia.

Por conter poucas páginas e palavras (porém, estas trazem grandes significados), o livro pode ser lido em poucas horas. Mas, para compreender bem tudo o que a poesia dela quer transmitir, requer um bom bocado de tempo. E muita atenção, pois muitas das mensagens serão importantes para várias coisas na vida.

Repleto de ilustrações, que combinado com a jogada das palavras tornam o livro mais fácil de ser lido. Estas ilustrações apresentam traços leves e coloridos que lembram desenhos feitos com lápis de cor. Então, o livro tem toda essa parte pessoal, e foi assim que senti-me ao lê-lo. Parece que a autora está contando seus pensamentos, sua maneira de ser e coisas que ela aprendeu para o leitor, porém de uma maneira mais metafórica e bem descrita. Como toda poesia, sua escrita é subjetiva, muitas vezes rimado, sempre metafórico e suas ideias são super desenvolvidas.

O designer e a capa do livro são de tão lindos, incríveis. Dá para ficar uns minutos só os admirando (obviamente, foi o que eu fiz). Presentear alguém com Pó de Lua, é uma ótima dica, pois é o tipo de livro para carregar na mochila, na bolsa ou até mesmo fazê-lo um livro de cabeceira. Pode-se reler ele muitas e muitas vezes, pois sempre haverá mais de uma interpretação das poesias.

Enfim, Pó de Lua é simplesmente muito alegre, cheio de cor e mensagens super profundas. Muitas das poesias me comoveram e levaram-me a refletir, além de que algumas até me descreveram. O que foi bem interessante e acredito ser uma das melhores coisas do livro: a identificação da escrita com o leitor.
Em cada página uma nova emoção. Realmente muito bom. Minha nota é: 4 pinguins. 

Para quem quiser saber mais sobre o trabalho da Clarice Freire, aqui vai as redes sociais dela:
Não esquece de comentar: já leu, o que achou? Se ainda não leu, está pensando em ler?
Tagarelem comigo.

Diovana Vargas

8 Replies to “Pó de lua | A poesia moderna e divertida”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *