Site Loader
A série atualmente está com sua primeira temporada em andamento transmitido pela emissora americana The CW. E, a série é baseada em um personagem da DC comics chamado Barry Allen. O cenário da história se passa em Central City.

Então, Barry perde sua mãe na infância, que foi brutalmente assassinada por alguém ultra veloz vestido de amarelo e ao seu redor haviam raios vermelhos. Nota: quando digo ultra veloz levem para o lado literal mesmo! Pai de Barry é incriminado pela morte de sua mulher, uma vez que a descrição do assassino seria algo impossível de se acreditar. Mas, isso ocorre de forma injusta. Desde então Barry foca toda sua energia em provar a inocência de seu pai. Sendo assim, entrou para a policia de Central City como cientista forense e ajuda a resolver muitos casos que acontecem na cidade. 
Porém, ele sofre um acidente químico onde é atingido por um raio, que lhe concede uma velocidade relativamente alta (nota de novo: é realmente uma velocidade sobre-humana). O acidente é gerado por uma tempestade em conjunto com o acelerador de partículas. Essa super velocidade permite a Barry, ajudar as pessoas ainda mais. Muitas pessoas da cidade foram atingidos por esse esse acidente. Então, ao longo da série vemos muitos meta-humanos com algumas habilidades específicas. E, como a grande maioria utilizam essas habilidades para o mal, Barry juntamente com os integrantes da S.T.A.R Labs (Dr. Wells, Cisco e Caitlin) passam a combatê-los.
Sobre alguns personagens:

Barry conquista quem assiste a série devido a seus atos heroicos, mas não apenas isso, mas a sua personalidade e caráter também. Ele é tipo NERD, o que particularmente acho bastante admirável nele e com isso fica evidente a sua inteligência durante a série. Outra coisa que posso ressaltar é que ele é bastante perceptivo o que o torna um cientista forense muito competente (acho incrível).
Usando suas habilidades para o bem, Barry visa ajudar as pessoas, pois é algo que ele realmente gosta de fazer. Faz parte da sua identidade. Pode-se observar pelas dificuldades pelas quais passou influenciou suas escolhas, só que o mais importante foi que elas reforçaram seu caráter e fixou ainda mais os ensinamentos que Barry recebeu de seus pais.
Enfim, Barry Allen é alguém que torna o mundo melhor, que pensa em salvar e ajudar as pessoas. E, isso não é apenas em atos grandiosos, mas nos pequenos também. Barry tem leveza, é divertido. O que pessoalmente me faz querer ser como ele. Pois, ele não torna o mundo melhor por realizar todas essas coisas heroicas, mas porque estas coisas refletem o que ele é, um heroi, ele é Flash. 
Dr. Wells, responsável pela S.T.A.R. Labs, durante a série muitas vezes me pego questionando algumas coisas sobre ele. Minha intuição e radar feminino não me permitem confiar totalmente nele. Estaria meu radar certo? Teremos que aguardar o desenrolar da história para sabermos. Você deve estar se perguntando, porque penso assim… Então, acredito que ele seja um pouco obcecado demais em Barry/Flash.
Cisco, é o gênio da engenharia mecânica da S.T.A.R. Labs. Adoro o fato de que ele dá nomes criativos aos meta-humanos que Flash enfrenta. Cisco é divertido e junto com Barry dão alguns toques de animação a série. Além de que ele é bastante inteligente e seus conhecimentos ajudam bastante Flash. Ah, muito importante: Cisco, faz algumas referências durante os episódios. É algo que te aproxima mais da história e traz esse toque animado a série, a qual me referia anteriormente.

Enfim, na minha humilde opinião, a série é muito bem feita, é envolvente. Os personagens integram sua essência a história e oferecem suavidade ao desenrolar dela. A série como um todo, tem essa dinâmica mais descontraída, mas sem perder o enredo sério da história. É uma boa combinação entre momentos em que há uma leve descontração, mas em outros há um tom mais sério para poder expressar bem o enredo. Vale ressaltar que ela é cheia de ação, o que não te permite desgrudar os olhos da tela. 

E, uma boa jogada foi o crossover entre The Flash e Arrow, as duas séries sendo baseadas em personagens da DC, apresenta esse novo universo entre os dois. Cruzar os fatos entre as histórias e o crossover ocorrer com episódios distintos entre essas séries, foi realmente interessante, pois deu um ar renovado a ambas.  Espero que aprofundem mais no caso da mãe de Barry e na história dele, mas claro sem perder todo o foco principal da série. O mistério do assassinato da mãe dele, move uma enorme curiosidade e muitas vezes podemos nos pegar se questionando quem poderia ser. 
Então, se você aprecia uma boa história ou é fã de herois, corre ou melhor voa para assistir. 
Minha nota para a série são – tcharan – 5 pinguins. Merecido né?

Se você assiste, comente sobre o que vem achando (eu, a propósito estou super empolgada!). Se não assiste, pretende assistir?
Até a próxima tagarelice.

Diovana Vargas

8 Replies to “The Flash | A série mais veloz de todos os tempos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *